14 de maio de 2009

Apetece-me partilhar isto IV

aqui mostrei o Tobias, o meu gato. Esta é a Blue, a menina dos meus olhos, a minha companheira, a minha menina. Está comigo há 7 anos, desde que a resgatei de uma ninhada de gatinhos atacada por cães. Nunca mais nos largámos. Parece siamesa, mas é rafeira. Vinha em muito mau estado: feridas na cauda, magrinha e cheia de problemas intestinais que é como quem diz que, no início, bem se esforçava, mas nunca chegava a tempo ao caixote de areia. Pesava umas míseras gramas e cabia na palma da minha mão. Era um ser pequenino e frágil que logo logo passou a sentir-se confiante e protegida sempre que estava comigo. Tem uns lindos olhos azuis, que deram origem ao seu nome. O seu temperamento é muito independente, brincalhão, inteligente e forte, chegando ao ponto de amuar durante as primeiras horas, quando regressamos de férias. Só é verdadeiramente simpática e meiga para mim e nunca me trocaria por postinhas de peixe cozido ou latas de sheba. Quando eu não estou é capaz de nem ir para a sala, para junto do P. e dos nossos outros gatos (sim, são mais dois...andamos sempre a resgatá-los e depois dá nisto), ficando sozinha, na sua cama a dormir. Na sala, o seu lugar habitual é junto a mim, sendo o meu colo, o único que gosta e procura. Defende-me com unhas e dentes, na verdadeira acepção da palavra, se sentir que algo me está a ameaçar*. Comigo é a coisa mais doce que existe, com todos os outros, simplesmente ignora, não quer nem saber, é como se nem estivessem ali. Acho que sente que a casa é só nossa, minha e dela, porque esta família começou connosco: eu e ela. E, a verdade, é que eu nunca me senti sozinha. Mesmo agora, enquanto escrevo este post, ela está ao meu lado, a fazer ronron e a dar marradinhas no portátil, para me chamar a atenção, pelo meio lança-me olhares melosos e miadinhos curtos e doces, a pedir carinho. Adoro-a...faz parte de mim e sinto, de uma forma que só quem tem animais pode também sentir (e acreditar), que ela também me adora!
Já me assumi como uma Cat person, neste post, hoje vim só relembrar ;)
* O P. que o diga, quando um dia, estávamos na brincadeira, a fingir que batíamos um no outro e ela o atacou com uma dentada na cabeça e unhadas na cara - e o que eu me ri...

18 comentários:

  1. Assim ainda gosto mais de ti. :) Tambem vou uma Cat Person, tenho três e amo os três de paixão.

    São uma excelente companhia. Posso estar triste e chorona, mas deito-me junto a eles, cofio-os e ouços ronronar... e tudo passa.

    ResponderEliminar
  2. Apesar de n ser uma Cat Person (sou mais um Dog Person), acho imensa piada aos gatos com personalidade, especialmente se forem assim cheios de mania e amigos a sério do dono. Acho que é uma relação espectacular. Qdo era puto, p aí com 12 anos, e ia p a escola a pé tão de manhã que ainda era de noite, o meu pastor alemão ia smp cmg e ladrava a toda a gente que passava num raio de 5 metros de mim... e por mais incrível que pareça ficava à minha espera à porta da escola, p dps voltar cmg p casa!

    ResponderEliminar
  3. Também tenho uma gata que estava abandonada e me saltou para o colo, fui incapaz de não a trazer para casa até porque estava muito magra e ferida.

    Mas sempre tive animais e já não sei estar numa casa em que não os haja :)

    ResponderEliminar
  4. eu tenho dois gatos rafeirinhos. :)

    lembro-me de quando era pequena o meu pai me ter dado um nos anos, branquinho e de olhos azuis. era o Tico. eu adorava aquele gato, dormia com ele, ate uma vez lhe fiz um fatinho (uma meia cortada para o sitio das patas) loool

    beijinho Bê

    ResponderEliminar
  5. Confesso a minha preferencia por canideos. Acho que são mais humanodependentes.
    Tu foste adoptada pelo gato... são sempre eles que nos adoptam, sabias disso?


    Bjoooooooooooooos

    ResponderEliminar
  6. Também sou uma Cat person se bem que actualmente não tenho nenhum gato porque o último que tive - o Simba - era mau e atacou o pessoal todo de casa e tivemos que o dar. A minha mãe disse que jamais quer gatos na casa dela.. No problem já que em Julho vou para a minha e vou comprar um persa ou um siamês (pode ser rafeiro como o teu). Já tive a Dani - siamesa - durante 12 anos. Morreu em 2004 de velhice.

    Vai postando mais fotos dos gatos ;) são lindoS!!

    ***

    ResponderEliminar
  7. olá B. Também gosto muito de gatos cresci com eles la na terrinha e até tinha uma gata q comia gafanhotos.
    Era exótica lol e doida que se fartava mas eu adorava-a!

    ResponderEliminar
  8. Só podias ser uma Cat Person:)
    A minha tem 12 anos mas ainda é toda espevitada. É um bocadinho como a Blue, só vê a dona à frente, o resto da malta passa-lhe ao lado, e se a chatearem muito sai dentada!
    Um dia destes tenho de postar uma foto dela, da minha gatarrona linda;)

    ResponderEliminar
  9. Que gata cheia de personalidade. Criaram mesmo uma relaçáo forte, voces... :)

    O P. tem que andar na linha senão...! ;)

    ResponderEliminar
  10. :D os animais sao assim mesmo, um doce. Tambem tenho um gato que adoro e que me faz sentir bem mesmo quando tudo o resto a minha volta parece estar mal. Enfim, va-se la saber.. é o poder deles.

    ResponderEliminar
  11. Houve uma x ... em que o meu pai chateou-se comigo antes de eu sair de casa(uma das mil e uma x ) e estava a ralhar comigo... a kika ... a gata que infelizmente n tenho agora ... assim rafeira mas também a dar po ciamesa pos-se a minha frente e ROSNAVA ao meu pai ... enfim... e uma x mordeu o meu irmao pq eu deixei de lhe fazer festas a ela e pus-me abrincar com ele enfim... agora tenho o siebel ... o gato mais inteligente que ja tive que apaga e acende a luz do quarto e que parece um cao... XD

    ResponderEliminar
  12. Já olhei para o post uma série de vezes e só agora consegui escrever.
    eu tinha uma igual... Estava comigo (na casa dos meus pais) ah 6 anos e faleceu no passado fevereiro... ainda não ultrapassei....
    Ao ver a foto da tua blue, deu-me um aperto no peito pois a minha kika era igualzinha.... Todos os dias me lembro dela, continuo a abrir a porta da casa dos meus pais, com cuidado com medo que ela fuja, continuo a olhar para trás antes de sair com medo que venha atrás de mim....
    Tenho o meu merlin (persa) em minha casa e apesar de ser o meu bijuzinho não a substitui....

    Um beijinho grande e desculpa o comentário.

    ResponderEliminar
  13. A tua gata é gira que se farta... e gosta de correr riscos... ainda me recordo de um jantar só de babes na tua antiga casa e a Blue a passar pelas velas e a ficar chamuscada... atrevida a miauzinha!

    beijinhos

    ResponderEliminar
  14. Sanxeri - Já sabia qu eras, por algo que li no teu blog. Eu tb tenho 3 gatos e as pessoas acham que sou louca, mas tu compreendes-me ;)

    Dexter - os meus são assim e cada um diferente do outro, com aspectos muito próprios e únicos!

    Sandy - eu tb não me imagino numa casa sem animais, fazem parte de mim e são uma excelente companhia.

    Hermione - eu tenho 3 e não vivo sem eles!

    Walter Fane - dizem que sim e eu acredito mesmo nisso, porque parece que sabe quando eu mais preciso de atenção...

    Branquinha - pois, termos a nossa própria casa é sempre muito melhor!Sabes que há imensas associações que estão sempre com gatinhos para dar!

    Petra Pink - pois, eu também os tenho desde pequenina e adoro-os!

    Lady M - aposto na postagem dessa gatinha. ;)

    Cat - ah pois é ;) ela não dá hipótese!

    Frutinha - têm esse efeito porque nos conhecem muito bem e gostam verdadeiramente de nós!

    SuFerreira - os gatos (e os animais em geral) são capazes de coisas fantásticas!

    Marisa - nem sei bem o que te dizer. A minha gata tem 7 anos e há pouco tempo esteve doente e só de imaginar que pudesse ser grave eu própria me sentia emocionalmente em baixo. Não consigo imaginar chegar a casa e ela não estar lá! E é verdade, nenhum subsitui o outro...mas é um novo amor que vais descobrir.

    Minie - minha querida Cat Person e lembraste de se ter enfiado no saco e ter corrido a casa toda com o mesmo na cabeça? ainda faz coisas dessas, porque é a mais brincalhona de todos!Um fartote ;)

    ResponderEliminar
  15. Eu também sou uma Cat Person! =) Já conheces o meu Sushi Cat pela foto lá no blog, mas em personalidade nunca vi um gato assim...qualquer dia escrevo um post sobre ele para o conhecerem melhor! Adorei a foto da Blue e aproveitei para conhecer o Tobias! Muito lindos!
    Beijinho para ti!

    ResponderEliminar
  16. Cat person, dog person, Bird person.. é tão bom ter animais e cuidar deles e saber que eles cuidam de nós..
    Continua assim Bê, a tratar dos animais como de pessoas se tratassem*
    Besito*

    ResponderEliminar
  17. Linda, linda! Que fofura! Igual aos outros. Não dá para negar, meu coração é mais "bicho" que gente, apesar de adorar pessoas, eu AMO mesmo os animais, todos, todos! E como sofro com a crueldade e me indisponho com tanta gente que ainda não atingiu uma sensibilidade de que eles choram e sentem frio e fome, e saudade e dão a vida por nós! Que pena ... tenho até uma vaidade de estar em outro patamar, tal como você, que estamos mais evoluídos neste "quesito", certo?

    ResponderEliminar
  18. :D Karem querida, é bem verdade ;)

    ResponderEliminar

Aceitam-se elogios, críticas, gargalhadas, lágrimas, sorrisos e afins