29 de maio de 2009

Bê tochasDiaz

Nós mulheres inventamos um bocadinho. E não venham já apedrejar-me, porque a verdade é essa. Nunca estamos satisfeitas com o que temos e queremos sempre aquilo que não temos. Ora depois de passar 30 anos a lutar contra os meus caracóis e ondas rebeldes (exagero, porque só os aliso desde os 20, mais coisa menos coisa), no cabeleireiro onde fui da última vez (o tal que me descobriu o meu cabelo branco, mas que me deu 23 anos), falaram-me de um tratamento muito nutritivo, saudável e não agressivo que permite ficar com o cabelo liso durante cerca de 3/4 meses - bem mais barato do que o alisamento japonês. Ora a Maria Bê ficou uns bons dias a pensar nisso, a fazer contas à vida e a imaginar-se de cabelo liso e sedoso nos próximos meses, qual imagem de filme romântico em câmara lenta. E gostou da imagem. Ontem, depois do pay-day, lá fui eu mais a minha amiga A. (que nestas coisas é sempre bom ir mais do que uma, assim se correr mal e ficar careca, ao menos somos duas) depois de a convencer que ia poupar dinheiro já que estica o cabelo todas as semanas. Ainda não sei como correu...primeiro falaram-nos em duas horas de processo, mas entre lava cabeça, put the creme on, lava cabeça, estica cabelo, passa a prancha, estica cabelo, passa a prancha e estica cabelo e aplica um spray passaram três horas e meia e muito fumo e desespero de uma cabeça quase queimadinha. Depois desta tortura o resultado final foi muito bom: cabelo lisinho, enorme, bonito e sedoso. Os conselhos foram muitos: nada de transpirar (ok, hoje vão estar 34 º - não vai ser fácil), não prender, não colocar ganchos (senão fica marcado durante 3/4 meses) e não lavar durante dois dias (lá se vai a praia completa amanhã). Tudo seria perfeito e bonitinho e poderia estar até muito satisfeita, se não tivesse passado a noite a pensar que se calhar os caracóis até me ficavam bem melhor...não sei, ainda estou na dúvida. Mas, o maior dos problemas que enfrento neste momento (e que tenho que resolver não sei como até à hora de ir trabalhar) é que, desde que acordei que a minha franja está uma grande mistura entre o cabelo do Pedro Tochas (esse mesmo dos anúncios, com ar de alucinado) e a franja da Cameron Diaz no Doidos por mary depois de aplicar o gel da mão do Ben Stiller. Está toda no ar. Está assim, espetada para cima, como se fosse levantar voo, enquanto escrevo estas linhas. E não posso pôr gancho senão marca, não posso molhar senão estraga o alisamento, não posso nada! Eu não vou sair de casa assim! E ainda me resta lavar o cabelo em casa daqui a dois e comprovar se fica mesmo como dizem...E agora só penso: qual é o mal de ter caracóis? Humpffffff!&%$$##"!!!Bem feita, bem feita, bem feita - diz-me a minha consciência, já sabia que devo dar valor ao que tenho!

25 comentários:

  1. Lol,não é nenhum menos quando tem aqueles dias em que parece que têm vida própria.O meu cabelo é assim,tem uma personalidade só dele.E o meu não tem ondas,é mesmo aquele cabelo encaracolado,digo o verdadeiro caracol.Tenho mais problemas com cabelo do lado direito,que isto é mesmo assim,porque ele "excita-se"(ai que até parece mal) sozinho e não há espuma,gel ou qualquer outro creme que o valha.Já pensei na carequecada confesso,mas gosto mais de mim assim,lol.

    ResponderEliminar
  2. Bê, eu desisti. Assumo que o meu cabelo é a única parte do meu corpo que não consigo controlar (a par com as pequenas rugas que já começam a aparecer).
    Por isso, lavo-o às vezes dou-lhe com os secador para ficar mais despenteado outras deixo-o secar ao natural. O resultado é sempre o mesmo: ondas e mais ondas, toda a gente acha que vou sempre ao cabeleireiro. E despenteado.
    Quando o corto, aproveito para esticar, toda a gente adora, mas eu gosto é das minhas ondas.

    ResponderEliminar
  3. lol

    Só tu!

    Nunca estamos satisfeitos! Eu tenho muitas ondas e já tive caracóis, que foram desaparecendo com a idade e com a mania que lhes tirar a forma (mania minha, óbvio)! Também adoro liso...

    Decidi que o giro é mudar. Deixo-o andar natural, quando quero, estico. Confesso que já tinha pensado em fazer algo semelhante a isso, mas desisti.


    Beijinho, Bê

    ResponderEliminar
  4. Kuka - eu costumo dizer que o meu cabelo tem vida própria ;) parecido com o que descresves lol!

    Blue C - eu tb tinha desistido...mas olha, deu-me para isto e agora vamos lá a ver se não me arrependo a sério. É que até gosto de caracóis...

    *B* - não faças! Ainda só fiz ontem, mas já me parece que vou ter saudades do meu cabelo ao natural. É bem-feita para mim, para dar valor ao que tenho!

    ResponderEliminar
  5. lllooolll
    que grande peripécia
    o meu cabelo tem "jeitos", em criança era encaracolado e agora consegui um corte que fica bem se alisar mas também resulta "mais selvagem" quando seco ao natural
    acho que vais chegar à conclusão que é o máximo teres um cabelo que também te dá esse leque de opções, liso ou encaracolado.
    agora tens de contar o que fizeste com a franja!!
    llloooll

    ResponderEliminar
  6. O meu cabelo é meio ondulado mas fica liso num instante com o secador. :p

    Depois mostra para vermos quao gira ficas. ;)

    ResponderEliminar
  7. Pois não está fácil lol... o meu cabelo também é meio ondulado, não completamente, mas adoro-o assim... embora tem dias que desejava que fosse liso, pois a ondulação fica bonita quando se lava, mas no dia seguinte...ui.... beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Bê, desmanchei-me a rir! e se puseres uns rolos agora?? LOLOLOLOL ai somos tão complicadas! hehehehe

    ResponderEliminar
  9. Um dia a fazer má figura não é nada numa vida de trinta anos. Hoje vais assim, depois é só passar o fim de semana fechada e 2ª. feira já podes lava-lo. Olha que o cabelo encaracolado dá menos trabalho mas as mulheres são mesmo assim, principalmente com o cabelo.Nunca está bem e se não há razão inventa-se.BJS

    ResponderEliminar
  10. hooooooo eu adoro caracois... n sei pq é que as gajas com eles so pensam em esticar aquilo!! grrrr ja pensaram no que os rapazes gostam? E que gostam de coisas mais raras, e que caracois sao mais raros? eu penso isso

    ResponderEliminar
  11. Que me ri com a tua descrção Bê.. franja no ar.. eu tb tenho caracóis não muito rebeldes.. muitas vezes apetece-me andar com ele esticado e vou à cabeleireira.. dura-me à vontade 4 dias.. mas como não consigo ficar esse tempo sem lavar a cabeça.. ao segundo dia shampoo e caracolitos outra vez.. a verdade é que andamos sempre a inventar que fazer :P
    Besitos e good luck**

    ResponderEliminar
  12. E eu que tenho o cabelo liso e gostava que fosse ondulado... Ninguém está contente... ;)

    ResponderEliminar
  13. Das poucas coisas que é comum ser elogiado é pelo cabelo, que aparentemente é aprazível ao toque.
    Embora consiga admitir que realmente tenho bom cabelo, o referido, é das coisas mais complicadas de controlar.
    Eu antes preocupava-me em tentar pentear, todo direitinho (sem ser como o Paulo Bento), mas depois desisti. Deixei-o andar à solta, e wild. Fiquei sempre curioso, porque raio é que o cabelo tinha vida própria e ficava sempre com aquele ar de cabelo surfista que esteve com a cabeça enterrada na areia durante a tarde. Finalmente, passado tanto tempo, uma mulher (tinha de ser) reparou que o champô que usava tinha amaciador.
    Ora apesar de ser gajo, também não sou bruto para não saber algumas coisas, mas nunca pensei que fosse o amaciador que ia descontrolar o meu cabelo. Bem ditas mulheres que estão cá sempre prontas em ensinar qualquer coisa.
    Conclusão, mudei de champô mas o cabelo continua incontrolável, o que é menos mal, é que pelos vistos é elogiado por isso. meh =p

    ResponderEliminar
  14. Ando para fazer um post sobre o meu rico cabelinho auzános!! O teu post acabou de me dar o empurrão que eu precisava... vai ser já pá semana. ^^


    Bê... don't you mess with nature. *abana o dedo em sinal de nah nah nah*



    *

    ResponderEliminar
  15. Eu também tenho caracóis mas acho mais prático ontinuar com eles.. tanto que é raro ir alisar o cabelo..

    BJS*

    ResponderEliminar
  16. Pronto, é geral que fiz mal...:) agora já está. O próximo post é dedicado a mostrar o resultado final!

    ResponderEliminar
  17. Sim já agora estamos curiosissimas para ver como ficou... mostra, mostra... beijokas

    ResponderEliminar
  18. Ahahah! Lá está, ninguém está bem com aquilo que tem! Ando eu a pesquisar o melhor método para encaracolar o meu cabelo super-liso-que-até-chateia e tu a alisares o teu? Isto não está bem...

    Assim sendo, já vi que o melhor é adiar a operação lá para os Invernos, que não poder lavar o cabelo e tudo e tudo é chato! ;)

    Beijoquinha e boa sorte!

    ResponderEliminar
  19. Bárbara, aqui no Brasil o mesmo processo chama-se "escova progressiva" e leva formol na fórmula, que é o que alisa o cabelo, entretanto a dosagem alta de keratina é o que o deixa saudável, bonito e brilhante. Mas já existe uma progressiva - que eu faço - e chama-se "inteligente" (a marca, caso vc queira fazer pesquisa é "Agimax") e daí pode lavar o cabelo no mesmo dia. Usa-se há mais de 4 anos aqui no Brasil. Recordo de comentar da escova definitiva aí - a japonesa e ninguém conhecia. A progressiva sai mta fumaça, arde os olhos por causa do formol e há uma campanha dos que são totalmente contra. De qq forma, já existem outras à base de açucar, de chocolate, orgânica, enfim ... alisam, mas não levam formol. Eu gosto mesmo com formol e meu cabelo nunca esteve tão bonito como antes, pto, sou a prova-viva de que não estraga, não cai, não polui, nada desta babozeira, até porque médicos o fazem! Então ...Pensa que vc ficou diferente e dura pouco tempo, pois sai a cada lavagem. Super beijo!

    ResponderEliminar
  20. lol! Ri imenso com o: não posso prender, não posso molhar, não posso fazer nada!! Ai as confusões onde te metes!! :D
    Eu até gosto do meu cabelo...é meio ondulado mas quando me apetece estico em casa e mai nada!
    Beijinhos pra ti!

    ResponderEliminar
  21. Sei que esses acontecimentos são bons para aprendermos. Do contrário, se não experimentarmos não ficamos sabendo como seria e eternamente na dúvida. Portanto, valeu a experiência. O que gostei mesmo foi da iniciativa de irem vocês duas. Se ficarem "carecas" pelo menos são duas... Beijinhos. Manoel Eduardo - Brasil.

    ResponderEliminar
  22. lolol desculpa mas adoro os teus caracois...mas o cabelo agora tb está bem giro! Tens é que ter paciencia...hehehe

    ResponderEliminar
  23. Finalmente! Hoje com tempo para comentar... ;)
    É claro que me ri :D. Eu já tive o cabelo de mil maneiras e feitios - inclusive uma popa bem ao jeito do gel do Ben Stiller - mas não há nada mais prático que o cabelo de meio metro, sem franja e lisinho. Fiz uns caracóis há uns anos, mas não tinha nada a ver... Liso é que tem a ver comigo :D
    O que eu faço, quando me olho ao espelho e sinto vontade de mudar, é desviar o pensamento comprando um livro... Assim é certo que não me arrependo :D

    Mas ficou giro... Ficou sim :)

    ;)

    ResponderEliminar
  24. Eu tbm tenho caracóis e depois de passar uns 3 anos a andar smp com ele esticado, fartei-me. Não andava à-vontade smp com medo da humidade, de pinguinhas de água, de não poder molhar a cabeça smp que me aptecesse. E passei a adorar os meus caracois e a realçá-los. Agora estico mt esporadicamente. Mas claro que às vezes dá smp aquela vontade de não ter o cabelo rebelde e de o ter liso, sedoso e conseguir enfiar-lhe os dedos =]

    Mas é bom variar. E claro que vamos sempre querer o que já não temos ;) Mas 3 meses é pouco tempo. Espero que a crista já tenha melhorado!

    Beijo, querida *

    ResponderEliminar
  25. Maria, gostei da dica ;)
    Cat - eu também aprendi, com o tempo, a gostar e a saber usar os meus caracois, mas confesso, que gosto muito de o ter liso. 3 mesinhos passam num instante! ;)

    ResponderEliminar

Aceitam-se elogios, críticas, gargalhadas, lágrimas, sorrisos e afins