27 de maio de 2009

Casa-trabalho/Trabalho-casa

Quando, a partir de Setembro, comecei a partilhar com a família, os amigos e conhecidos, que ia começar a trabalhar perto de casa, mas tão perto que dava para ir a pé e podia ir almoçar a casa, algumas pessoas faziam um ar (quase) horrorizado e lançavam-me, invariavelmente um "e gostas de trabalhar tão perto de casa?", como se fosse uma coisa má, odiosa, terrível e nunca antes vista e a sua expressão assim o indicava. Pois, meus amigos, de facto é terrível trabalhar tão perto de casa por todas as razões que a seguir exponho:
1 - É para mim, uma verdadeira tortura, ter que acordar todos os dias mais cedo...não desculpem, pelo menos uma hora mais tarde do que antes, nem sei como aguento...;
2 - Por outro lado, custa-me muito o facto de poder sair de casa apenas 5 mnt antes de entrar no trabalho e ainda poder vir tranquila, a pé (ao invés de, pelo menos uma hora, como antes, passadinha dentro do carro, no meio do trânsito);
3 - Algo que me faz confusão, é que agora quer esteja um sol maravilhoso ou a chover torrencialmente, eu demoro sempre os mesmos 5 mnt, quando antes dependia das condições meteorológicas que determinavam o tamanho da fila que apanhava (mais chuva, mais carros, toma lá) e esta dependência tempo/fila fazia parte de mim há tantos e tantos anos (desde os tempos da faculdade, ou seja, desde finais dos anos 90) que me foi mesmo muito difícil deixar de depender dela;
4 - Péssimo péssimo, é poder ir almoçar a casa e ainda ter tempo para me sentar, tranquilamente, a beber o meu cafezinho nexpresso na chaise longue, enquanto vejo as notícias...indo mais longe, até posso ir a casa só para ir à minha casa-de-banho, caso tenha por aí uma dor de barriga mais forte...;
5 - Quando saio às 22h, como já antes saía, agora estou em casa às 22:05, enquanto antes ainda tinha pelo menos meia hora de trânsito pela frente, quando não era mais...
6 - E ainda poupo na gasolina, nas refeições, na portagem e não desgasto o meu carrinho lindo! Uma chatice, sem dúvida.
E o maior argumento, o mais utilizado - ah e tal, assim abusam de ti e tens que ficar até mais tarde e ir mais cedo - é um mito. Ninguém me diz moras já aqui, por isso podes muito bem fazer mais horas e trabalhar mais e abrir e fechar o estaminé, etc, etc.
Neste momento, para os outros, sou aquilo que eu própria chamo uma Mete-nojo, mas vá, não vai ser assim a vida toda, por isso, vou aproveitar enquanto posso! Aproveito e bem o facto de ter mais tempo = qualidade de vida! Um mimo...num mundo cada vez mais alucinante e exigente.
E desculpem a ironia mal disfarçada mas hoje estou assim, depois de um dia daqueles...

27 comentários:

  1. Olha quem me dera trabalhar perto de casa! Tenho de fazer todos os dias 1 h p Lx e 1 h de volta a Oeiras em transportes públicos...

    E o jeito que me dava almoçar em casa...isto de almoçar todos os dias fora arruina qq um...

    ResponderEliminar
  2. Eu acho que tem bastantes vantagens. Não só económicas como de conforto :)

    *

    ResponderEliminar
  3. Durante 2 anos trabalhei em casa... que chatice nem ter que sair de casa. É mesmo qualidade de vida! Ganhei 10 anos de vida com essas mudanças na minha vida!!
    Agora é um pouco mais longe e vou começar também um outro part-time, mas posso escolher os meus horários o que é excelente!

    ResponderEliminar
  4. Isso é óptimo, maravilha. E nem toda gente tem que saber se moras perto ou longe...

    ResponderEliminar
  5. Nunca me tinha passado pela cabeça que as pessoas achassem um horror trabalhar perto de casa. Penso que apenas poderá ter desvantagens se se tiver uma profissão em que se trabalhe com clientes que não saibam fazer a distinção trabalho/vida pessoal e batam à porta fora de horas.

    Depois de pensar um pouco mais, lembrei-me que no meu ramo (Educação) também pode haver o inconveniente de ter os alunos e os pais à porta a pedir explicações (ou satisfações). Mas estes exemplos que referi são casos extremos; acho mesmo que trabalhar perto de casa e poder ir para o trabalho a pé é um luxo e deve ser aproveitado ao máximo!

    ResponderEliminar
  6. É óptimo quando temos a casa tão perto do trabalho! Também tenho alguns dos previlégios que tu tens, e considero-os isso mesmo: previlégios. E aproveitar alguma coisa da nossa casa é óptimo. eu, às vezes aproveito a hora de almoço para uma série de coisas: regar as plantas , p.e, ou tirar um cochilo, quando estou mesmo cansada. de outra forma não o poderia fazer!

    Beijoca!

    ResponderEliminar
  7. eu acho optimo. e ja tive as duas experiencias...se duvida...no ha nada como estar perto...so se for para aquelas pessoas k nao kerem ir pra casa cedo por determinados motivos!

    beijinho

    ResponderEliminar
  8. Pois é Bê eu tenho a mesma sorte que tu. Apenas 5 minutitos e acredita que, agora, é um grande problema quando tenho que tirar o carro da garagem. Dá um trabalhão.Estou muito mal habituada. Vai fazer 2 anos que tenho este descanso. Antes quando chegava ao trabalho já estava esgotada. Será que um dia, caso seja obrigada a mudar de trabalho conseguirei enfrentar filas e transito novamente? Penso que não. Penso que farei tudo para conservar esta vidinha. Já me ofereceram mudar de cidade. Sabes porque não aceitei? Para não perder esta paz. Que sorte temos. Espero que continuemos com ela. Bjs.

    ResponderEliminar
  9. Bê, sei bem do que falas. Durante dois anos morei a cinco minutos de casa. Por vezes dava-me ao luxo de apanhar a roupa, mal começavam a cair uns pingos. Isso sim, é que é vida. Agora, agora tenho de me levantar três horas antes de entrar ao trabalho :S Olha, aproveita!!!

    ResponderEliminar
  10. É uma situação que, muitas vezes, nem os próprios sabem dar o valor.
    Conheço "alguém" que sempre trabalhou perto de casa (dantes a 500 metros, mais tarde a 300 metros, depois a 50 metros e hoje é só atravessar a rua... o emprego é o mesmo, a casa é que se aproximou :D) e que diz muitas vezes que gostava de trabalhar noutro lado - ir de transportes sempre serve para distrair.
    Que raiva, destas pessoas que não sabem usufruir do bem que têm. Como os reformados que se se fartam de ter sempre a mesma rotina... mas não se fartaram de ter a rotina das 8 às 18, durante a maior parte da vida.
    É triste vivermos condicionados de tal modo, que não podemos passar sem trabalho. Eu posso, assim tenha dinheiro "prós" gastos ahahah.

    ResponderEliminar
  11. É claro que é óptimo, Bê querida*

    ResponderEliminar
  12. Claro que isso é bom! O meu trabalho fica a 5minutos de carro da minha casa e eu acho óptimo! :) isso é tudo inveja!!! ;)
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  13. Eu tb moro a 15min da faculdade. Mesmo niceee

    ResponderEliminar
  14. Se fosse a ti acampava à porta do trabalho só para lhes dar uma ferroada.
    =p

    ResponderEliminar
  15. LOLOLOLOL eu estou a 20 min de carro! E vou almoçar a casa! É um benção! E quando mudar para a casa nova vou estar a 10 min de carro :D maravilhaaaaaaaaa!!!

    ResponderEliminar
  16. Lol Bê, eu também moro (ainda bem) a 5 min do work.. sabes o que é isso que acabaste de referir??? Qualidade de vida.. de facto, quem trabalhar longe de casa, perde por dia, cerca de 3 a 4 h que poderia usar para fazer aquilo que se gosta :)
    Besitos*

    ResponderEliminar
  17. Eu também sei o que isso é;) Moro a uns míseros 10 minutos de carro do meu local de trabalho, e só não vou a pé porque almoço em casa dos meus pais que fica um bocadinho mais longe!
    É tão bom poder dormir mais 1 hora de manhã e chegar quase outra hora mais cedo ao final do dia...
    Poder dar um pulinho a casa à hora de almoço para dar miminhos à minha gata ou simplesmente para relaxar um bocadinho no meu sofá!
    É mesmo de aproveitar, e é normal que sejamos consideradas mete-nojo, afinal, quem não queria estar no nosso lugar?

    ResponderEliminar
  18. No sector e zona geográfica em que trabalho facilmente iria arranjar uma casa perto do trabalho, mas não quero.

    Nesses aspectos seria beeeeem melhor, sem dúvida!
    (Teria era que mudar de casa e não mudar de trabalhao, eheh).

    Mas aqui há um probleminha que me demove: TODAS as colegas moram umas ao pé das outras e mudar-me para aqui ia ter outras implicações e nesse campo não misturo a vida pessoal com a profisisonal mais do que é necessário.

    (Por outro lado, felizmente, não estou assim tão longe e posso ir almoçar a casa, não tenho é tanto tempo como tu :))

    ResponderEliminar
  19. eu também perto de casa, a 10m de carro da empresa (a pé deve ser mais ou menos 30m) e ainda não encontrei nenhuma desvantagem...

    ResponderEliminar
  20. u também estou a 5 min do trabalho e adoro isso e tao bom !!!

    ResponderEliminar
  21. Isto realmente... =| Há pessoas que metem veneno em tudo! :s

    Eu demoro 7 minutos a chegar ao trabalho, e não me consigo lembrar de UM ÚNICO contra! Nem um!

    ResponderEliminar
  22. Sem dúvida que as vantagens são em maior número. E sei que não vai ser a vida toda, por isso, há que aproveitar. Desculpem não responder individualmente, mas ultimamente tem havido uma grande falta de tempo aqui por estes lados, mas li tudinho!

    ResponderEliminar
  23. Não sei sequer porque é que te perguntaram isso. Eu não consigo pensar em nenhuma desvantagem (e se não abusam de ti!). Eu acho esses pontos todos optimos, excelentes, maravilhosos. Quem me dera um dia vir a trabalhar a 5 minutos de casa! Aposto que passaste a ter mais tempo, a gastar menos dinheiro e a estar mais relaxada :)

    ResponderEliminar
  24. Claro que é muito melhor! Eu trabalho a cinco minutos de casa também..mas de carro! A pé já fui muitas vezes mas ainda são 40 minutos!

    ResponderEliminar
  25. Realmente só traz é vantagens. Eu que o diga. Só o facto de almoçar com calma é tudo :)
    Beijo*

    ResponderEliminar
  26. Eu também sou um dos felizardos. Trabalho a 2 km de casa, venho de carro mas demoro os mesmos min. E almoço em casa com tempo para descansar um pouquinho no sofá...

    ResponderEliminar

Aceitam-se elogios, críticas, gargalhadas, lágrimas, sorrisos e afins