20 de agosto de 2009

Aquela altura...Post só para meninas! (Os homens não me vão entender)

Cada vez que estou naquela altura do mês, convenço-me que todos os homens deviam, pelo menos uma vez na vida, sentir na pele todos os sintomas e limitações, que vêm por arrasto com esta nossa condição feminina: as dores - de barriga e de cabeça - os calores, o mau-estar constante que nos tira a vontade de tudo, até de sorrir, o mau-feitio (por acaso nem é o meu caso, mas é algo frequente em muitas mulheres), o ter que andar prevenida com pensos higiénicos de tipos diferentes, tamanhos diferentes e cores diferentes, consoante os dias e o fluxo, tampões tal e qual (ele há pequenos, médios, grandes e super - cuja necessidade vai mudando, consoante os dias), etc, etc, etc. É que deviam mesmo. E agora imaginemos isto a começar na adolescência e a durar cerca de 40 anos, entre 5 a 7 dias por mês, seja Verão ou Inverno, faça chuva ou faça sol, nos aniversários e no Natal. É quando for, não é quando queremos. E são dias da nossa vida de qualidade muito reduzida: cerca de 84 dias num ano, cerca de 3360 ao fim de 40 anos! E depois venham dizer-me que ter que fazer a barba é mau...(como se nós não nos depilássemos nunca - com cera, naquelas partes e nas axilas e nas pernas). Acredito mesmo que, depois de todos os sintomas sentidos, nunca mais teriam coragem de se queixar de uma dorzinha de cabeça que só se sente quando se abana muito a mesma. E poderiam passar a mimar-nos ainda mais quando estamos assim. E a não nos deixar fazer nada. E a dizer que somos lindas e maravilhosas à mesma...porque nestas alturas sentimo-nos um trambolho desajeitado de todo o tamanho...
PS: O P. mima-me muito e entende-me, mas, nestas alturas, uma mulher quer sempre mais ;)

28 comentários:

  1. Bê, o meu sonho é que um dia, um homem não gay compreenda o que aqui disseste:)
    se um, apenas um, entender, já é uma vitória!!

    ResponderEliminar
  2. olha, eu por acaso n tenho razao de queixa, fico c um feitiozinho de cão mas o homem cá de casa é um mimo, trata-me como uma pincesa... n sei se compreende mas pelo menos esforça-se!!!

    jocas gordas

    ResponderEliminar
  3. TODOS os meses penso nisso. Que sorte que eles têm de não se sentirem limitados uma vez por mês durante uns dias. Eles estão sempre "normais", iguais, confortáveis, durante o mês/ano todo!

    ResponderEliminar
  4. Eu por acaso não sofro muito nessas alturas, quem sofre mais é ele que tem que me aturar! lol Costumo ficar muito irritada!

    BJS*

    ResponderEliminar
  5. É horrível!!! Uma cruz que cada mulher tem que carregar, e identifico-me muito com a imagem de nos sentir-mos um trambolho...

    Mas pior é mesmo se ele faltar, quando não é isso que está nos nossos planos!

    Mesmo assim, há por aí muitos homens queridos, que até já são sensíveis a essa nossa altura do mês :)

    ResponderEliminar
  6. eu por acaso nao sofro quase nada com isso.....
    Mas gostava que os gajos experimentassem para verem o que é doce fonix.....
    beijinhos!

    ResponderEliminar
  7. Amiga, é que é mesmo isto, não acrescentava nem mais uma linha!! É QUE É MESMO ISTO!! TAL E QUAL!!!

    ResponderEliminar
  8. Hum, não dá mesmo para entender mas esforçamo-nos para isso :p

    E quando tentamos fazer mimos e estão tão rabujentas que nada do que fazemos agrada? Pois... esses dias... muito complicados para vocês mas também para nós que não sabemos o que fazer para não se sentirem assim. ;)

    ResponderEliminar
  9. Felizmente pouco sofro naqueles dias do mês! Aliás, até tenho a sorte de ter um fluxo mínimo, mínimo. Já tive alguns problemas nos ovários, mas felizmente agora o caso está estável.

    Mas entendo isso! Tenho Mãe e tenho amigas que sofrem imenso com isso. Minha Mãe nem tanto, mas tenho amigas que é demais!

    ResponderEliminar
  10. É bem verdade... e o pior é que não são apenas os 5-7 dias, são também os dias anteriores. Eu fico sempre tão sensível que, ou me dá para chorar por tudo e por nada, ou fico rabugenta.

    O meu namorado também faz um drama sempre que tem de fazer a barba. Enfim, os homens...

    bjinho

    ResponderEliminar
  11. Eu por acaso não sofro igual todos os meses. Tenho meses terríveis e outros k nem sinto quase nada.
    Jinhos

    ResponderEliminar
  12. Assino por baixo querida Bê... Concordo com tudinho!
    Eles nem imaginam do que escaparam...
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  13. Mas fazer a barba também é um bico de obra!
    Além disso... eu, como bom exemplar da espécie hipocondríaco, tenho isso tudo e mais algumas coisas =D
    O pior dos 2 sexos portanto...
    Shame on me =(

    *

    ResponderEliminar
  14. Tirando uma pequena irritabilidade, o resto passa-me ao lado.
    Eles devia era parir uma vez que fosse para ver o que e bom para a tosse ;).
    Beijinhos e as melhoras.

    ResponderEliminar
  15. É nessas alturas que costumo dizer, em tom de desespero, leia-se, que devia ter nascido homem! Mulher sofreeee

    ResponderEliminar
  16. Eu fujo um pouco à regra... =\

    Esses "dias", são poucos... 2/3 dias no máximo, e não tenho qualquer sintoma. Nada.
    Niente. =\

    Ah poizé.

    ResponderEliminar
  17. Como eu te invejo Ginger!! Mas inveja da boa, daquela que não faz mal ;)

    ResponderEliminar
  18. lool que complicaçao! Para mim a pilula, tampões o.b pro comfort dias médios, um ben-u-ron no primeiro dia e está a semana resolvidíssima. Não percebo a complicação de montes de mulheres hehe. Fico é super sensível na semana anterior e primeiros dias. Parece que tudo é uma tragédia graga... lol**

    ResponderEliminar
  19. Veja a coisa por um prisma positivo; vocês (as mulheres) têm o privilégio único de assistir (ou melhor, participar)na primeira fila ao espectáculo único que é o de gerar outro ser humano.

    Não acha que vale a pena os cerca de 84 dias num ano, cerca de 3360 ao fim de 40 anos! de "sofrimento"?

    ResponderEliminar
  20. com a gravidez e posterior amamentação fiquei nada mais, nada menos que 18 meses em alegria plena. lllooollll já estava tãaaaaoo habituadinha!!!!!!

    ResponderEliminar
  21. não podia estar mais de acordo com o teu post :)
    o que vale é que ainda há homens queridos, que nos aturam e nos tratam como verdadeiras princesas!

    ResponderEliminar
  22. Pronto, pronto... Eu sinto-me solidário contigo. Reconheço que vocês sofrem mais do que nós, homens.

    Beijos,
    Nuno.

    ResponderEliminar
  23. ah como todas te compreendemos!!!=)

    ResponderEliminar
  24. Eu estou nessa altura do mês e ainda hoje disse ao meu querido que as devia sentir também lol acho que nos passa pela cabeça a todas!

    ResponderEliminar

Aceitam-se elogios, críticas, gargalhadas, lágrimas, sorrisos e afins