31 de agosto de 2009

Noite difícil...

Dormi mal esta noite. Mal não...pessimamente mal. O que me deu cabo do humor e da segunda-feira, já de si um dia difícil. Acordaste-me quando já estava profundamente adormecida. Sussurraste ao meu ouvido, tocaste na minha pele e mesmo quando, cheia do calor que me transpirava já a mente, me tapei com o lençol, certa de assim te demover dos teus intentos, insististe e permaneceste junto a mim. O teu som no meu ouvido estava a por-me doida e lembrou-me as tuas marcas impressas no meu corpo na noite anterior - Duas noites seguidas? Ninguém merece - pensei para mim. Virei-me para um lado, virei-me para o outro, já na dúvida se deveria acender a luz e enfrentar-te ou se me levantava e ia para o sofá onde, certamente, não me procurarias. Por momentos paraste e eu suspirei quase silenciosamente, aliviada. Fechei os olhos, preparei-me para adormecer...mas pouco depois lá estavas tu, teimosamente insistente, vencendo o meu cansaço e fazendo do meu corpo o teu banquete...
Hoje sim, estou preparada para ti...
***************************************************************
É claro que estou a referir-me a uma melga horrorosa, que passou a noite a chatear-me e que não matei não só porque não consigo matar o que quer que seja, como para não acordar o P. que, ao meu lado, dormia descansado...Suas mentes depravadas...ai ai! Ide rezar, ide!

33 comentários:

  1. Já estou a rezar... e já estava a ficar com pena do P. hihihi

    bjs

    ResponderEliminar
  2. Oh afinal era uma melga... enganaste me... bjs

    ResponderEliminar
  3. eu n preciso de rezar... imaginei logo que fosse algo do género :)
    compra daqueles difusores que nem as deixam entrar, p mim tem que ser assim!!! Se bem que qd estou c o meu homem, elas picam-lhe todas e nenhuma me liga...

    ResponderEliminar
  4. ahahahahhaha Ohhhhh Bê! sofres do mesmo mal que eu LOL

    ResponderEliminar
  5. Ai Ai, *BÊ*zinha

    Quase que me enganaste, até á parte de " duas noites seguidas? Ninguém merece", ai sim vi que devias estar a referir-te a algo do género.
    É mesmo como tu descreves, uma noite passada com uma melga, chatas que só visto e depois de manhã é uma coçeira que só visto.
    Excelente descrição.

    *BÊ*ijinhos

    ResponderEliminar
  6. Nao me mandes rezar, ja me bastam as outras duas de rabo para o ar :)Pede ao marido para matar a melga ,)
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  7. eheheheh
    é tão mau quando se começa a ouvir o barulhinho duma melga.. depois já não prego olho :{

    beijinhoss

    ResponderEliminar
  8. muito bem escrito este texto;)
    eu tenho uma técnica para as matar nos meus cabelos. lllloooollll
    fica assim meio difícil de explicar por escrito mas basicamente deixas pousar na cara ou arredores e viras-te energicamente para o outro lado. lol
    elas ficam "bzzz?bzzz?bzzt... bzzzt...t..."
    lllloooolll
    morrem afogadas nos meus cabelos Pantene *passo a publicidade

    ResponderEliminar
  9. Oh Bê, como eu te entendo! Tb dormi mto mal por causa dum desses "bichos" e como consequência três belas picadas que me levaram á farmácia em busca desesperada do famoso Fenistil Gel... Boa sorte para a noite de hoje!

    ResponderEliminar
  10. LOOOL.. O que eu me ri...=) Podia ser tudo menos uma melga..


    bjnho.

    ResponderEliminar
  11. AHAHAHAH

    Eu topei logo que era uma melga... :p
    Tu jamais escreverias sobre.... coisE e talE.



    Pá... chamavas-me! Eu ia aí e matava a melga, e a mãe da melga, os avós da melga, os filhos da melga, os primos... is tudo a eito. Uma verdadeira carnificina!!

    Muhahahah

    ResponderEliminar
  12. Eu confesso que também não mato chamo sempre alguém..
    Espero que gostes de "Comer Orar e Amar" é de longe o meu livro preferido. Absolutamente especial e delicioso :p
    Boa semana*

    ResponderEliminar
  13. Avé Maria....Pai Nosso....bis bis bis bis bis!!!!!

    ResponderEliminar
  14. Ah minha malandra, quase que me enganavas!

    ;)

    ResponderEliminar
  15. É o que dá ter sangue doce ;)
    Até as melguinhas te adoram!
    Bjinhos querida Bê***

    ResponderEliminar
  16. AHAHAHAHAH marota, menina Bê...:P Induzes assim a malta em erro, e depois nós é que vamos rezar!:P

    [Se pudesse, fuzilava esses insectos vampíricos um a um...Chupam-me, e chumpam-me, e pobrezinha de mim que já sou anémica por natureza!:S]

    ResponderEliminar
  17. Caramba Bê, Uma pessoa aqui a sorrir e a dizer para o Sr. Complicações "Olha olha, um chatito como tu" e no fim... uma melga???

    Bê. Poupa-me...;)

    ResponderEliminar
  18. Loll B tou a ver que és como eu tens o sangue doce....
    Olha uma receitinha caseira para afastar a melgada é:
    colocar em um pires na mesinha de cabeceira uma ou duas rodelas de limão...
    As melgas e mosquitos ao sentirem o cheiro ácido afastam-se

    ResponderEliminar
  19. HE HE... eu vi logo que daí não vinha boa!


    :-)

    ResponderEliminar
  20. E somos duas... Raios partam as melgas :-p

    Bjx

    ResponderEliminar
  21. eheheheh!! Enganáste-nos bem :P

    **Beijinhos**

    ResponderEliminar
  22. Eu vi logo que era uma melga ou um mosquito... estou ilibada de rezar! LOL - Muito fixe esta tua relação dúbia com o "bicharoco"! LOL - Agora pára de brincar com ela e mata, que é feia! lol

    ResponderEliminar
  23. Isto vai parecer mentira mas eu juro que é verdade... eu dormi com umas 10 melgas no meu quarto, e dormi NA BOA!
    É assim... se me mordem eu não dou conta! De vez em quando aparece uma borbulha com comichão e vi logo que fui ferrado, mas é tão raro que eu nem me chateio!
    Olho para as paredes, vejo 2 aqui, 3 ali, 2 acolá... e vou dormir na boa! Não me acordam com barulho, se me mordem não dou conta e não fico com comichão... acho que tenho o sangue ácido, por isso mordem-me pouco! Até faz ulceras no estomago das melgas, ahahahah =D

    *

    ResponderEliminar
  24. Eu lamento, mas melgas são animais p matar. Por mim era o genocídio total. E qdo me estão a chatear assim como te aconteceu só descanso qdo as vir esmagadas contra a parede encharcadas em sangue :x

    ResponderEliminar
  25. Aiiiii nem me faless! Esta noite tb tava pra me levantar pra matar esses bicharocos todos. grrrr

    ResponderEliminar
  26. Ui, quando ouço uma melga a meio da noite não descanso enquanto não der cabo dela. :)

    Beijinhos,
    Nuno.

    ResponderEliminar

Aceitam-se elogios, críticas, gargalhadas, lágrimas, sorrisos e afins