24 de novembro de 2009

Diálogos perfeitamente parvos entre duas irmãs


Bê: Pintaste outra vez o cabelo?!*

C: Sim. O que é que achas?

Bê: Hum (momento em que vacilo entre a sinceridade e a piedade) gosto mais da tua cor natural (ai esta mania de ser sempre sincera com estes jovens de hoje em dia, que levam sempre a mal e entendem como crítica).

C: (irritada e defensiva) Eu não gosto. É cor de ...cocó. É feio.

Bê: (depois de olhar para o meu próprio cabelo e de tentar visualizar uma recordação já muito remota da cor original do cabelo da minha irmã) - Obrigadinha. É mais ou menos a cor do meu.

C: É pah, oquéquequeres? Tipo, não gosto. Tipo, fica-me mal com os meus olhos (azuis). Tipo, ao menos os teus são da mesma cor (de cocó).

Bê: Obrigadinha. É que agora fiquei mais descansada. Ao menos temos match.


Não foi bem bem isto, mas anda lá perto. E pronto, isto de conversar com as irmãs bem mais novas sobre cores e tendências tem disto - fiquei a saber que não só os meus cabelos, mas também os meus olhos têm cor de m/&$#. Desculpem...de cócó. E eu que não quero pintar o cabelo enquanto os brancos não derem notícias, que chatice!

* isto não daria direito a um post se a minha irmã não escolhesse as cores mais estranhas para o fazer - neste momento algo entre o cor-de-laranja fogo e o pôr-do-sol num dia de tempestade..- .
E se o meu cabelo e os meus olhos não tivessem cor de... cocó...

23 comentários:

  1. A adolescência leva-nos a colorir muita coisa, passando também pelo cabelo :D. Cor de cocó nunca vi (até porque este adopta várias tonalidades...), mas tenho curiosidade de ver aplicada :D. No entanto, compreendo a tua irmã perfeitamente: o meu cabelo foi, nos meus tempos aúreos, o meu principal escravo (felizmente nunca fiz madeixas :D). Tudo isto porque não gostava de me ver... Ruiva (sim, uma cor natural para o avermelhada...). Agora pinto, sempre, optando pela mesma cor, que combina com os olhos, sardas and so on... :D

    ;)

    ResponderEliminar
  2. Essa miúda é única, não existe!! Estima-a bem!

    ResponderEliminar
  3. Eu já vi o teu cabelo nas fotos e cor de cocó não tem nada, Bê querida!


    [a propósito do que escreveste no meu post de hoje, - e que ainda irei responder lá - obrigada. Foi dos maiores elogios que já me fizeram :)]

    ResponderEliminar
  4. hahahahaha
    uma prof minha, numa aula de desenho disse-me ao olhar para o quadro: "ai *artzinha está a ficar perfeito mas essa cor tens de afinar... está assim côr... CÓCÓ"
    llllllllooooollllll
    ela é teenager, é normal dessas idades.
    (tb sou dessas que quer prolongar o tom natural até chegarem as brancas. gosto.)
    beijinhos!!

    ResponderEliminar
  5. Bê tem cor de mel, mel de eucalipto que é mais escuro, cheira e sabe melhor!

    Cor de uma coisa doce, como tu ;)

    ResponderEliminar
  6. demais... cor cocó onde é que já se viu???

    de certeza que n é cor cocó... e isso passa-lhe é da idade!!!

    bjs

    ResponderEliminar
  7. E eu dei por mim a ler o teu post e a sentir umas saudades imensas dos diálogos parvos com as minhas irmãs!!
    Que continues a ter muitos momentos assim que, diga-se de passagem, são material de primeira para um post :)

    ResponderEliminar
  8. Eu adoro a minha cor de cabelo (tem nuances naturais) e só a pintarei quando tiver brancas. Por acaso a minha irmã de 16 anos não tem dessas pancas de pintar o cabelo (ai dela que tem uma cor tão linda) mas tem panca de pintar os olhos de preto.. mas pintar género que levou um murro e esteve a chorar de tão borratada que fica. Os jovens de hoje em dia deviam ter cuidado quando pintam o cabelo.. quanto amis cedo começam mais rápidamente o estragam.
    KissKiss

    ResponderEliminar
  9. Desconhecia, apesar do dito cócó poder ser de diversos tons, que poderia ser, também, louro cinza!

    Aprende-se imenso com os adolescentes!!!.....

    Quanto aos olhos, cor de mel, quem me dera, mas, enfim, há gostos para tudo...

    Beijos

    ResponderEliminar
  10. Castanhlho é lindoooooooooooooooo!!! e tá na moda:p

    ResponderEliminar
  11. klooolollloll nao dizem r os ruivos tendem a desaparecer?
    ela então contraria essa afirmação loll

    ResponderEliminar
  12. Ehe! Que lindo pah! LOL - Adorava ter uma irmã para lhe dizer dessas coisas! LOL hihih! ;)

    ResponderEliminar
  13. Eu também gosto mais das cores naturais, normalmente são mais brilhantes, e não temos de andar sempre a pintá-lo sempre que se começam a ver as raízes.

    ResponderEliminar
  14. Conversas entre irmãs ou irmãos às vezes descambam em parvoíces :) devias escutar as minhas com o meu irmão...coisas de quem se conhece desde sempre!
    Por isso é que têm piada ;)
    Bjinhos***

    ResponderEliminar
  15. olá,
    vim parar ao teu cantinho através de outros cantinhos amigos :-)

    a adolescência e de facto uma época conturbada e difícil para quem a está a passar, normalmente é, mas depois de passada, é cómico recordar as coisas que fazíamos!!! :p

    uma vez pintei o cabelo,e achei que ficou de 'cor de burro a fugir? ahahaha

    kiss

    ResponderEliminar
  16. Longe de mim nunca ter feito disparates - uma vez, tb farta da minha cor, pintei de ruivo e devo dizer-vos que fiquei péssima, mas tão péssima, que andei dois meses a lavar o cabelo todos os dias para a cor sair mais depressa. Aprendi a lição ;)

    ResponderEliminar
  17. LOL Isso é tão à irmã mais nova! xD Eu também tenho conversas tão parvas com a minha.

    Já vi fotos do teu cabelo e é lindo!

    ResponderEliminar
  18. ha ha o que me ri com este post! cor de cócó... era mais ou menos como eu tinha o meu!

    ResponderEliminar
  19. Tendo em conta as fotos que já vi tuas, TAMBÉM TENHO CABELO COM COR DE COCÓ!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  20. M - deixa llá - há quem goste!! Eu não mudo o meu nem por nada! ;)

    ResponderEliminar

Aceitam-se elogios, críticas, gargalhadas, lágrimas, sorrisos e afins