17 de maio de 2010

Preocupações de irmã ou...como eu estou a ficar uma verdadeira cota


A minha irmã mais nova, a minha pequenina M. que eu vi nascer, no alto dos seus (quase) quinze aninhos, vai ao Rock 'n Rio com amigos* e eu estou, desde já e até ao momento em que ela chegar a casa sã e salva após o concerto, com o coração mais pequenino de todo o mundo e arredores (sem contar com a minha mãe que deve estar prestes a tomar uns calmantezinhos para sobreviver à coisa). Sinal óbvio de cotice precoce...


* Claro que o meu padrasto a vai levar e buscar ao recinto e nem sequer fica até ao último concerto mas, mesmo assim, coração de irmã sofre...

17 comentários:

  1. e o meu mano que andou à solta pela queima de Coimbra? com os amigos...ficou numa pensão com eles e tudo?
    tem 19 anos? pois tem, e depois?

    Irmã mais velha, sofre!

    ResponderEliminar
  2. Oh coitada já tem idade para ter juízo. :P

    ResponderEliminar
  3. Isso é muito fofinho!:D Mas vai correr tudo bem!*

    ResponderEliminar
  4. Oh pois sofre e de que maneira. Também sou assim em relação à minha e olha que já tem idade para tomar conta de si mesma! bjs

    ResponderEliminar
  5. A minha irma é mais nova que eu 5 anos e quando ela começou a sair a noite eu tb ficava spr super preocupada!!!

    Não tem nada haver com a nossa idade, é mesmo preocupação de irmã mais velha!!!

    Bjito*

    ResponderEliminar
  6. Se já estás assim com a tua irmã, imagina quando for o filho! bj

    ResponderEliminar
  7. e eu que quase tive um enfarte quando soube que a minha prima de 15 foi pra queima? ah pois. e eu em casa.

    ResponderEliminar
  8. vai correr tudo bem querida, pensa quando foste tu :) estão na idade de sair das cascas, e se for com juizo e cabecinha no lugar, tudo optimo :)

    ResponderEliminar
  9. Mas Bê, o meu Pai não fica lá com ela ? Ela disse-me que ele ia assistir ao concerto (o que eu achei verdadeiramente Cota, sim, coitada da miúda com o pai atrás mas, por outro lado, tranquiliozu-me...).

    A nossa irmã cresce, essa é que é a verdade...

    ResponderEliminar
  10. Não Inês - inicialemente era essa a ideia, mas acho que afinal deu o bilhete a uma amiga da M.... - agora é qe vmaos ficar todos em pulgas!!!

    ResponderEliminar
  11. Super normal kkkk o meu irmão tbm é mais novo que eu (apenas 3 anos) e eu me mordo de preocupações!!!
    Quem ama cuida...

    http://flordelis02.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  12. Oh querida, entretanto habituas-te. Por causa disso é que levo a minha (de quase 18) comigo, muitas vezes. Ela adora vir sair comigo e com os meus amigos e eu acho que lhe faz bem e a mim também, que a tenho debaixo de olho e ao mesmo tempo me divirto com ela ;) *

    ResponderEliminar
  13. xD

    Não te preocupes óh cota :PP
    Já tenho quase 15 anos :DD
    e tou boéeee anciosa hihi
    beijinho, Adoro-te mana :)
    M.

    ResponderEliminar
  14. M.zinha querida, enquando escreveres "anciosa" - és pequenina para mim...

    (mentirinha - tu vais sempre ser pequenina para mim, a minha pequenina)

    ResponderEliminar
  15. Ainda há dias estive com o coração nas mãos, num pulsar que Deus me valha que culminou em crise de ansiedade, porque a minha sobrinha/filhota de 15 anos foi a um sarau cultural da escola com as amigas: nem preguei olho até que ela chegou, sã e salva.
    A preocupação é válida, na medida em que a realidade na qual nós vivemos a nossa adolescência se modificou drasticamente... E para pior!

    Cotas não... Maduras :-)!

    ;)

    ResponderEliminar
  16. Deixa lá, o meu irmão é praticamente da minha idade eu eu fico sempre assim na mesma.

    ResponderEliminar
  17. Maria - como tu me entendes. A questão é que eu sinto não só que havia menos insegurança no meu tempo, mas que eu mesma era bem mais madura do que ela. Daí o receio...A minha irmã também é como se fosse uma filha para mim...

    Olhos Dourados - pois! Eu também sou uma preocupada com todos eles - mesmo com o mais velho. Irmão é para isso mesmo,não é? :-)

    ResponderEliminar

Aceitam-se elogios, críticas, gargalhadas, lágrimas, sorrisos e afins