31 de maio de 2012

Ai os dramas femininos!

Entrei num centro de comercial para comprar um biquini e saí de lá com uma embalagem de produto para a celulite. Nada de biquini. Obrigada espelhos dos provadores (ou espelhos dos horrores). Estou oficialmente deprimida! É que a celulite começa-me por baixo das mamas e segue em grande até aos joelhos.
                                        
Comprei este produtinho aqui (nada barato!!) - depois partilho como correu!

25 de maio de 2012

Apelo

Uma pessoa publica uns disparates pelo facebook e tem logo 28 like's, 33 comentários. Publica uma notícia ridícula, 18 likes e 29 comentários, não sei quantas partilhas. Publica fotos suas com colegas e amigos, fotos dos gatos e das férias e mais uns tantos a dizer algo e outros tantos a partilhar. Partilha um assunto sério e parece que toda a gente assobia para o lado e passa à frente. Fica a confiança em vocês. A união zoófila precisa de ajuda, de muita ajuda, para ajudar animais abandonados, mal-tratados e doentes:



Esta tem sido uma semana terrível, amigos. Terrível. E nós somos seres humanos. ...Somos seres humanos mais ou menos habituados a lidar com os resultados da crueldade contra animais indefesos. Às vezes pensamos que já vimos tudo e não vimos. Ainda há mais para ver, mais brutalidade, mais indiferença.
Vamos falar de 'pits'. Vamos falar de uma atitude social que os transformou em monstros. Vamos falar de uma lei que, num país sem lei que criminalize os maus tratos a animais, se dirige especificamente aos animais ditos perigosos. E é uma lei hipócrita, mentirosa, estúpida. Porque se alguém com um cão obediente e equilibrado de raças ditas perigosas o leva na rua controlado sem açaime é multado e bem multado. Mas que polícia, que autoridade investiga quem fez isto a esta criatura que aqui vos mostramos? Que tribunal vai julgar este crime?
Esta tem sido uma semana terrível, cheia de olhares suplicantes destes, cheia de sofrimento, cheia de seres vivos que parecem ter passado por todos os horrores e precisam de ajuda.
Nós precisamos de ajuda. Nós não temos dinheiro para pagar contas em hospitais e clínicas veterinárias. Podem dizer-nos que já não vale a pena, que nada vai salvar esta cadelinha. Mas é nosso dever tentar. Quem puder e quiser ajudá-la, os donativos podem ser depositados na conta com o NIB 0033 0000 0058 0204 223 56. Enviem comprovativo de transferência para uniaozoofila@gmail.com, bem como indicação de morada e nif, para que possamos passar o recibo. Não sabemos se ela vai sobreviver mas vamos tentar recuperá-la.
Ver mais
Por: União Zoófila

Não ponho a foto da bichinha mal tratada que está no facebook, mas fica o apelo: com apenas um ou dois euros que cada um dos que vem aqui possa doar, já podemos fazer tanto por quem mais precisa. Confio em vocês, porque sei que há gente realmente maravilhosa desse lado.

22 de maio de 2012

Eu vou!

E uns anos depois eis que volto ao rock in rio. Se da primeira vez fui porque arranjei um mega desconto, desta vez vou porque os bilhetes me foram completamente oferecidos (os preços estão pela hora da morte!). Confesso, contudo, que não sou grande festivaleira, não pela parte dos concertos, que adoro, mas por toda a envolvência: as filas, as casas-de-banho para lá de nojentas (e que evito, como o diabo da cruz), os preços da comida e o facto de não se poder levar comida de casa...Isto de uma pessoa passar dos trinta tem destas coisas e cada vez tenho menos paciência para grandes confusões. Mas pronto, para ver os velhinhos smashing pumpkins e ainda rever os linkin park, sem gastar mais do que o preço da comida e algum combustível (claro que vamos de mota), espero que valha a pena. Alguém desse lado também estará por lá?

21 de maio de 2012

Dentro da minha mala

De cada vez que vejo aqueles post's sobre o que as meninas levam dentro da mala arrepio-me com o conteúdo da minha. Nada de coisas glamourosas como baton's chanel e perfumes givenchy, ou carteiras prada e o último modelo do iphone. Não. A minha mala, que é bem real, tem dois telemóveis já velhinhos e riscados que hão-de durar ainda mais uns aninhos, uma carteira da parfois, uma bolsa com pensinhos higiénicos, toalhetes refrescantes e um desodorizante pequenino não se vá dar o caso de correr a maratona debaixo de um sol de 40º  - que eu sou uma moça real e super prevenida. Batons para o cieiro comprados no jumbo, pastilhas elásticas, analgésicos fortes, a que por vezes tenho que recorrer e um spray para as alergias (tão trendy, não é?). Tenho elásticos e ganchos para os dias (muito) maus do meu cabelo selvagem e um espelho já meio descolado, mas que dá para espreitar discretamente se algum espinafre ficou espetado no meio dos dentes ou se me assoei como deve ser. Não tenho maquilhagem porque nunca me retoco, mesmo que chore, mesmo que me esqueça do rímel e esfregue o olho, mesmo que saia de casa às 9h da manhã e só regresse a casa doze horas depois. Pinto-me de manhã e não penso mais no assunto. Tenho ainda pacotes de açúcar e uma caixinha de fósforos, embora não fume. Um moleskine e uma caneta cor-de-laranja. E por vezes, dependendo do meu dia, um livro. Gostava de ser mais organizada e de não precisar de tanta coisa. E as minhas costas agradeciam muito ;-)

19 de maio de 2012

Das modas que eu gosto

    

Vestidos compridos de Verão. E saias compridas também. Adoro e acho que bem conjugados com as peças certas (calçados, acessórios e carteiras), tanto podem ter um ar mais descontraído para o dia-a-dia, como mais elegante para uma saída à noite ou para uma festa. Já as saias e vestidos assimétricos ainda não me convenceram...parece haver ali qualquer coisa a fugir à elegância...Pode ser que ainda não me tenha cruzado com a peça que me faz mudar de opinião.

Preciso das vossas mentes iluminadas e criativas



Para me ajudarem a escolher um nome adequado a este pequeno rapaz, com pouco mais de 4 semanas e menos de 500gr de peso, que é só a coisa mais doce, meiga e carente que se juntou à família - não no Cantinho, porque o P. não me deixou (sim, eu sei, já são três cá em casa, mas apaixonei-me logo à primeira vista por esta coisa linda), mas para casa da Mãe B. Podem partilhar os nomes dos vossos animais, nomes que acham giros para gato ou nomes que acham que se adequam perfeitamente a este menino. Desde já, muito agradecida!~





* Na foto está deitadinho na mão da minha irmã M. onde adormeceu profundamente pouco tempo depois. How cute is that?

11 de maio de 2012

Medos irracionais

E quando todos pensam que finalmente chegou a época dos gelados saborosos, da praia, das roupas frescas e leves, das esplanadas à noite, dos passeios à beira-mar, do calor abrasador e das patuscadas deliciosas, eu penso que chegou a época das baratas. Pois é, esta que vos escreve reage bem a qalquer bicho estranho. Não tenho medo de aranhas (nem das gordas), nem de cobras (da última vez que me cruzei com uma, durante uma corrida, procurei logo o telemóvel para tirar uma foto), nem de ratos ou outros bicharocos daqueles que nos supreendem em qualquer momento. Mas tenho um nojo incrível, horroroso e arrepiante de baratas. Ao ponto de conseguir não dormir uma noite inteirinha se tiver o azar de me cruzar com uma na rua. E se as há na rua da minha escola. Basta dizer que a simples visão de uma, nem que seja a largos metros de mim é suficiente para ir aos pulinhos, arrepiada e com a sensação de que me caiu uma em cima, sem me preocupar com figuras tristes. E elas chegaram à minha escola, pelo que agora, cada noite é um tormento para mim. Fica o desabafo daquele que é o meu medo irracional de um bicharoco que, tanto quanto sei, nunca atacou ninguém. Mas imagino que todos temos um medo destes, certo?


PS: Por razões óbvias não coloquei foto, senão corria o risco de eu própria nunca mais voltar ao blog!

10 de maio de 2012

Opiniões precisam-se

WS colecção 2011


Fato-de-banho ou biquini? Não uso fato-de-banho p'raí desde 1984, mas o que é certo é que este ano atacaram-me as gordurinhas e ainda tenho umas cicatrizes (coisa pouca, mas que eu sei que estão lá) que preferia não mostrar. A women secret tem uns modelos que nos modelam o corpo (na zona lombar e na barriga) e com padrões giros, mas receio sempre sentir-me mais apertada e ainda ficar com um bronzeado feio. Opiniões precisam-se!

7 de maio de 2012

Hoje foi uma boa segunda-feira

Porque hoje conheci uma pessoa fantástica. Portadora de uma deficiência visual grave, tem uma atitude perante os outros contagiante e optimista. Ri-se dos exemplos que dá da sua vida, das dificuldades que enfrenta e da forma como as ultrapassa. A reunião de cerca de hora e meia que tivemos passou-se num piscar de olhos e aprendi imenso naqueles minutos de partilha - não só sobre as pessoas portadoras de deficiência e incapacidade (o intuito da reunião) mas sobre a importância de uma pessoa se conhecer a si própria e de se aceitar. E também sobre a forma como às vezes empolamos coisas tão pequenas na nossa vida, dando-lhes a importância que não devem nunca ter. Reforçou a fé que ainda tenho no ser humano. E fiquei feliz por poder conhecer uma pessoa, que em tão pouco tempo, me deu uma preciosa lição. Foi uma boa segunda-feira e amanhã segue-se uma formação sobre este tema. Assim sim, sou uma mulher completa no trabalho.

3 de maio de 2012

Só para quem vê a Anatomia de Grey






Sou eu que sou esquisitinha, ou é completamente absurdo as médicas irem de brincos para as cirurgias? Faz-me uma impressão desgraçada e estou sempre à espera que algum episódio gire em torno de um drama que envolva um brinco perdido na barriga de alguém, ou pior, no intestino...
Seriously? Digam-me que não é assim na vida real!?

Livros


Este foi a minha companhia para a espera nervosa de hoje de manhã. E quando pensei que uma das histórias poderia mexer muito comigo (andei mesmo a adiar a sua leitura à conta disso), fui agradavelmente surpreendida com sorrisos espontâneos provocados pela densidade das emoções que nos relata o autor. Obrigada Valter. Parece-me o início de uma bela relação!

2 de maio de 2012

Lady Bê e o seu optimismo habitual

E amanhã, logo pela fresquinha, lá estarei a caminho de mais um exame daqueles que não se deseja a ninguém (com direito a preparação em casa e tudo - bah!) e depois, munida de exames e análises, segue-se a consulta, para saber como está o problemazinho de saúde que pensa que me vence, mas que não é mais forte do que eu. I rule!