27 de junho de 2012

...

Quer aqui, quer pelo facebook, por mensagem ou e-mail vocês têm-me dado um carinho imenso. E isso não tira a dor, nem acalma a saudade, mas conforta-me o coração. Despedir-me do Rafa, dos seus olhos meigos, mas cheios de sofrimento, foi das coisas mais difíceis que fiz. Foi deitada ao seu lado, agarrada à sua pata e com os meus olhos nos dele que lhe disse que era um bom cão, um cão bonito (como sempre dizíamos quando se portava bem) e o quanto o adorava. Foi tremendamente difícil, até porque ele tentou reagir, sem o conseguir, mas eu não podia não o fazer. Ele merecia-o. E ali, naquele momento, ficou um pouco do meu coração. Choro todos os dias. Lembro-me dele a cada instante. Fica a certeza de termos sido uma família abençoada por termos tido um amigo assim.

Obrigada a todos, do fundo do coração.

17 comentários:

  1. ai, não sabia de nada e já para aqui tou a chorar :x Coitadinho. Acredita que ele saberia o quanto foi amado :)

    ResponderEliminar
  2. :( é horrível perder quem amamos .. seja uma pessoa seja um animal querido. força!

    ResponderEliminar
  3. Agora só me apetecia chorar, mas estou no trabalho e tenho que fazer muita força para n o fazer. A mim aconteceu-me o mesmo, perdi o meu melhor amigo, o meu irmãozinho, o meu cão lindo, esperto e sensitivo. Já faz uns bons meses, mas parece que foi ontem. Lá em casa todos choramos cada vez que pensamos nele, porque tudo leva a ele.. tudo! Amo-o mais que tudo. Força Bê. Foi um, prazer ter um amigo como ele não foi? Então agradece e sente a gratidão. Força! * abraço forte *

    ResponderEliminar
  4. Não me tinha apercebido do desfecho...

    Um beijo enorme minha querida

    ResponderEliminar
  5. Lamento a tua perda, eles são os nossos melhores amigos.
    Só de pensar de um dia perder os meus dois canitos, doi-me o coração, são os meus filhos com pêlo, amo-os de paixão.
    Só que tem cães é que sabe.
    Um beijinho grande

    ResponderEliminar
  6. Este texto comoveu-me mesmo. Muita força, Bê, custa imenso perder assim um grande amigo.

    bjinho

    ResponderEliminar
  7. Chorei ao ler a dor que estavas a sentir....senti essa mesma dor há 4 anos ....foram 11 anos de muito amor 24h sobre 24h sempre ao pé de mim, ainda hoje sofro de saudades...

    ResponderEliminar
  8. Bê , tu percebeste mal.
    A minha mãe não morreu, imigrou para França e eu fiquei a viver sozinha em Portugal (agora, aos 20 anos) :b
    Daí aquele relato :s

    ResponderEliminar
  9. Força, muita força! É tão difícil, como eu sei disso, a minha pequenina também partiu! :(

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  10. R*, minha querida, ainda bem que percebi mal. Desculpa, mas ando com as ideias um bocadinho toldadas...

    ResponderEliminar
  11. Olha bê eu sei o que estás a passar...e vai te acontecer...ou pelo menos acontece-me, às vezes em determinados momento, por exemplo estou para fechar a porta e olhar para trás e dizer " tu ficas" mas já lá não estar um dos meus bichinhos...ainda hoje sonho com alguns dos meus animais que já morreram...mas sempre que passo por uma destas penso que o meu cão/ou cadela ou gato que morreu, sim por que já passei por isso várias vezes e nenhum substitui o outro e continuo a adora-los a todos..penso sempre que eles enquanto foram vivos foram felizes! Porque sempre foram rodeados de muito carinho e amor! E isso é o que mais alegria me dá, saber que tudo nasce, cresce,vive e morre...mas que durante este durante todo este processo os meus bichos foram felizes e me fizeram muito feliz a mim!! E ao contrário do que muitas pessoas dizem... eu continuo a ter animais por muitos que já me tenham morrido, porque não é por perder um amigo que não posso fazer outro!! Portanto força aí e pensa que o teu Rafa foi muito feliz!!

    ResponderEliminar
  12. Oh... :( Lamento tanto, só soube agora. Respeito e compreendo perfeitamente a tua dor. Força.

    ResponderEliminar
  13. O que eu chorei ao ler este post, que apesar de pequeno diz muito para quem ama o seu animal.
    Sei que esse dia por aqui tbm está perto, o meu Alex já tem 14 anos, e há uns 6 meses teve muito com um AVC e uma otite.
    Dizem que arranjar outro em substituição ajuda ;)

    bjinhoo

    ResponderEliminar
  14. Um grande grande abraço minha querida Bê! Sei o que isso é infelizmente... grande beijo querida.

    ResponderEliminar
  15. É a primeira vez que comento por aqui. Mas hoje lembrei-me taanto deste post. Por pouco tinha que me despedir do meu Gil, um pastor tão lindo como o Rafa, com esses olhos meigos. Nem quero imaginar! O Gil está a recuperar! Acredito que vai ficar bom!

    E (também) por este post, deixei-lhe um miminho no meu blog! ;)

    ResponderEliminar
  16. É muito mas muito dificil mesmo quando perdemos um animal de estimação, aquele melhor amigo ou amiga que estava sempre conosco, incondicionalmente no nosso lado a dár-nos tanto...! é muito triste, e é uma dor que fica para sempre, mas tambem uma criatura que entrou na nossa vida e a mudou para melhor para sempre! É uma honrra poder ter convivido com eles. Bj

    ResponderEliminar
  17. Entendo te tao, mas tao bem!!Sei que custa tanto...

    ResponderEliminar

Aceitam-se elogios, críticas, gargalhadas, lágrimas, sorrisos e afins