24 de outubro de 2012

É bom sentirmos que somos o casal a quem os outros chamam O Casal. Aquele a quem reconhecem gestos de amor e carinho, a cada momento, mesmo quando nós nem nos apercebemos. Aquele que acreditam ser para sempre. Aquele que identificam como almas gémeas, perfeitas, apaixonadas. É bom - não que seja importante o que os outros pensam, mas porque é importante saber que, mesmo sem saber, transmitimos este amor que é nosso, tão nosso e só nosso. Um amor de uma vida.

10 comentários:

  1. E são. Até eu, que não vos conheço, vos acho perfeitos.

    ResponderEliminar
  2. Olá, Bê, adorei o seu Cantinho! Vi o seu blog no desafio do Arrumadinho e passei para espreitar. Parabéns! É tudo caprichado, bonito, agradável e bem escrito. Continue! Convido-a a visitar o meu blog: I Love Mondays (www.yesmondays.blogspot.com). Eu também sou formadora, na área da Qualidade.
    Beijinhos, Mari

    ResponderEliminar
  3. é sem dúvida fantástico. essa transparência é sinal de que o sentimento é autêntico, sem máscaras. natural e espontâneo. o meu também é assim, eu acho :D

    ResponderEliminar
  4. Quero tanto conseguir isto ! Ser considerada o casal.
    Já o fui (com o rapaz dos posts actuais) mas agora... :(
    Beijinho

    ResponderEliminar
  5. :) Sem dúvida!! No outro em dia em conversa com um amigo ele dizia-me que eu e o Homem mais Sortudo do Mundo éramos aquele casal que todos sabiam que nunca ninguém consegue imaginar separados! Eu não sei o dia de amanhã...mas encheu-me de orgulho ouvir aquilo!

    ResponderEliminar
  6. Pa-ra-béns! MIL! Espero que seja mesmo para sempre. E, se há amor do verdadeiro, tudo o mais vem por acréscimo, não é?

    ResponderEliminar

Aceitam-se elogios, críticas, gargalhadas, lágrimas, sorrisos e afins