6 de dezembro de 2012

Do Natal

Não, não vão ver aqui um lote de sugestões de prendas de natal. Isto porque eu tenho para mim que a maioria das pessoas subverte o significado do natal (eu própria já o fiz), muito por culpa de uma tradição que se perdeu nos tempos consumistas, que duram há anos demais. Eu cá sou da opinião que devemos aproveitar este tempo de crise para avaliar o que é que este momento realmente significa. Para mim significa a família toda junta à mesa, entre sorrisos e memórias, significa uma refeição caseira, feita a várias mãos com carinho, uma pitada de cumplicidade e apreciada durante horas. Significa fazer doces caseiros e decorá-los, entre nuvens de farinha e bigodes de açúcar. Significa família, a nossa família, significa amor e muitos sorrisos, significa paz e sim, significa religião. E vai ser assim o meu Natal. E o vosso? 

9 comentários:

  1. espero que o meu seja assim também! A época do consumismo tem mesmo de ficar para trás! bj e bem vinda de volta :*

    ResponderEliminar
  2. O meu também será em família e é ao que mais dou valor, no entanto também gosto de os presentear com um miminho :)
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  3. É exatamente isso que penso do Natal. Também gosto das prendas, mas prefiro o aconhego familiar e a comezaina, claro :D

    ResponderEliminar
  4. Eu gosto de dar, mas o Natal para mim é a família e o nosso amor.

    ResponderEliminar
  5. Todos os anos o nosso Natal é assim. Família reunida, comidinha boa e caseira e os doces todos feitos em casa à excepção do bolo rei. Este ano o Natal vai ter um sabor ainda mais especial.

    ResponderEliminar
  6. o meu significa família, mas ainda mais a certeza de que todos os dias poderiam ser natal, porque há sempre este sentimento de paz e de amor.

    ResponderEliminar
  7. O meu significa ir a casa (Portugal) e estar com a minha familia e amigos :) Adoro *

    ResponderEliminar
  8. De facto, se há um aspecto positivo que sai deste malfadado estado de crise nacional, é a oportunidade de parar para pensar e não seguir cegamente a carneirice do consumo. Claro que todos queremos presentear os que amamos mas com boa vontade e imaginação, conseguimos isso num ambiente mais familiar e natalicio, com mais sentido! Bom Natal!

    ResponderEliminar
  9. O meu Natal vai ser dedicado a tempo em família longe da azáfama da grande capital. Acho que são natais assim que ficam nas nossas memórias e que valem mesmo a pena! Os presentes são meros acessórios que não deveriam ter, de forma alguma, o valor que lhes é dado nos tempos de hoje. Existem coisas muito mais importantes do que isso e as nossas crianças precisam de ter essa noção :)

    ResponderEliminar

Aceitam-se elogios, críticas, gargalhadas, lágrimas, sorrisos e afins