4 de junho de 2013

Fujam de mim!

 
 
Mas fujam para bem longe de mim. É que hoje começa a minha dieta forçada (basicamente sobrevivo a chás, gelatinas e água de arroz) e isso é coisa para me deixar, senão raivosa e mal-humorada, pelo menos com vontade de comer tudo o que me aparece à frente e de só pensar em comida. Eu, que sou uma esquisita com a comida e tenho hábitos super saudáveis, fico a imaginar o que será comer aquelas coisas que agora me parecem medonhas e inaceitáveis, como torresmos, caracóis, favas cozidas, borrego, cabrito, arroz de pato, coelho e outras coisas que tais. Coisas que simplesmente não fazem parte, nem farão, dos meus consumos alimentares.Vão ser uns dias chatos, os que se avizinham, eu vou estar mega chata mas, vendo pelo lado positivo, algum quilinho se deve perder pelo caminho. Que o sofrimento não seja em vão!

6 comentários:

  1. MAS VAI CORRER TUDO BEM!

    E tirando isso dos caracóis e torresmos, o resto faz tudo parte dos meus consumos alimentares. Ainda este sábado comi um arroz de pato na sogra, divinal :D E nesta altura estou cheia de favas no frigorífico... e borrego nunca falta na arca...
    Bem, vou ali almoçar e parar de falar de comida perto de ti ;)

    BEIJO GRANDE

    ResponderEliminar
  2. Vai passar a correr :) Beijinho e força para esses lados

    ResponderEliminar
  3. O pensamento é mesmo esse (ou sou igualzita, vejo sempre o lado positivo). O sofrimento não vai ser em vão, vais perder uns quilinhos :)

    ResponderEliminar
  4. Vai passar rapidinho e vai correr bem :) Força (by the way não gosto de nenhuma dessas coisas, acho tudo um nojo bahh)

    ResponderEliminar
  5. Muita força, querida. Estou contigo!!

    ResponderEliminar

Aceitam-se elogios, críticas, gargalhadas, lágrimas, sorrisos e afins