4 de dezembro de 2014

Faltam só 3 semanas!!

Ao olhar para o calendário, assustei-me. Faltam apenas 3 semanas para o Natal e eu tenho exactamente 3 presentes comprados e um deles vai ser trocado. Ainda não fiz a árvore, tal é o receio de ser mais um Natal de árvore a mergulhar no chão todos os dias e as figuras do presépios a passearem pela casa. Ainda estou na dúvida entre fazer a árvore grande, que adoro, ou a mais pequena, cujos estragos serão consideravelmente menores nas garras dos meus felinos.
Não sei como é desse lado, mas eu adoro o Natal. Adoro. Mesmo sendo uma época em que ando a mil, dividida entre a casa do pai, a casa da mãe e a casa dos sogros, ou dos tios do marido, mais a norte, como é o caso este ano. Chegamos a ter dois jantares na consoada e sei lá quantos pratos de comida no dia 25, espalhados por este nosso Portugal. Mesmo com tanta confusão e com viagens pelo meio e não sendo eu das que dá importância às prendas, mas sim ao espírito e à união, às vozes que se juntam para cantar (nas nossas famílias canta-se sempre no Natal), às comidas de sempre, ao quente da lareira, vivo o Natal com toda a intensidade e por isso me assustei quando vi que já só faltam 3 semanas. Onde é que eu andei com a cabeça que se perdeu algures entre o "já está tudo enfeitado e ainda é Outubro" ao "estamos quase no Natal". O que é que aconteceu ao meu Novembro? Foi-se-me e eu nem dei por ele!
Bem...agora é ganhar coragem e hoje vou dedicar-me a enfeitar a casa, embora ainda não tenha decidido onde e como. Segue-se uma olhadela pelas listas de prendas dos anos anteriores (guardo sempre, para não me repetir) e traçar um plano, juntando dois aniversários importantes: o da mãe e o da sogra. Na casa do pai já combinámos fazer amigo oculto, que isto não está para gastos e a essência não é na realidade essa (apenas o sobrinho tem direito a prenda de todos). E desse lado, como estão as coisas?

3 comentários:

  1. Por aqui zero decorações natalícias em casa e zero prendas (que serão poucas e apenas coisas necessárias, que o espírito não é esse).
    Vai ser tudo para a última, como sempre :)

    beijinho!

    ResponderEliminar
  2. É reconfortante perceber que não fui a única que achava que estava tão longe ainda e afinal já está quase num abrir e fechar de olhos! Quanto aos estragos dos felinos nas decorações, eu estou constantemente a tentar conter estragos mas não há galho da árvore que escape a umas dentadinhas e já tive de dar o braço a torcer e logo à partida dei umas bolas de natal para eles brincarem sem terem de tirar as da árvore. Que podemos fazer? Já fazem parte ! :) Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Por cá ainda oferecemos presentes a todos mesmo que mais contidos. Mas escolhidos com o coração! E ainda não comprei quase nenhum! O tempo está a voar rápido demais!

    ResponderEliminar

Aceitam-se elogios, críticas, gargalhadas, lágrimas, sorrisos e afins