7 de junho de 2016

A mil

Semana mais curta em dias úteis, mas mais longa em trabalho e responsabilidades. O regresso ao voluntariado pelo meio e ainda a procura de resolução para uma colónia de gatos de rua (gatas a ter que ser esterilizadas o quanto antes e alguns bebés que quero apanhar para lhes arranjar dono). Acordar às 7h20 e só sentar no sofá por volta das 22h30/23h. E sabem que mais? Adoro. Sou das que precisa de andar a mil, de ter objectivos traçados, a agenda cheia, o e-mail sempre a chamar. Mas também se avizinham dias de sossego e de namoro, já que o fim de semana grande vai ser transformado em mini férias, antes de regressar ao reboliço. 

Até já!


1 comentário:

  1. Já eu não. Desatino com dias assim, em que me falta o tempo para tudo. Sou desmasiado stressada para isso! :-)

    Ana

    ResponderEliminar

Aceitam-se elogios, críticas, gargalhadas, lágrimas, sorrisos e afins