1 de junho de 2016

Let the games begin

Sou só eu que com esta coisa da carta por pontos sente que estamos todos agora numa gigante competição? Juro que fiz os meus 45 km matinais a contar ver polícias a aparecer em cada esquina para me estragarem a vida e o jogo e dos quais teria que me desviar conduzindo em ziguezague. E bónus, prémios (sei lá, umas latinhas de combustível, por exemplo) que teria que recolher para me tornar mais forte e invencível. O que é certo é que o cruise control hoje veio sempre accionado, que sou moça de pé pesado e não vale a pena começar o jogo já no fim da fila.  

2 comentários:

Aceitam-se elogios, críticas, gargalhadas, lágrimas, sorrisos e afins