29 de junho de 2016

Quando andamos a mil, dá nisto

Sabemos que o ritmo anda demasiado acelerado e automatizado quando de manhã, ao sairmos do banho, olhamos para os pés de princesa, que gostamos de ter sempre arranjados e vemos que duas ou três unhas estão ligeiramente lascadas. Vai de pegar no verniz e dar um retoque nas mesmas, passar o secante por cima e toca a fazer todo o ritual matinal que inclui preparar a marmita, dar mimos aos gatos, vestir, perfumar e sair porta fora para chegarmos ao trabalho às 8h30 da manhã (com quase 50km pelo meio). Se há coisa que acho que estraga a melhor das figuras são pés por arranjar e unhas lascadas. Pois que só quando cheguei ao trabalho e olhei com olhos de ver (ou seja, com luz natural) é que me apercebi que tinha pintado duas unhas de cor de rosa, quando a cor de todas as outras era vermelho. Sim, eu sei, provavelmente ninguém reparou, os tons não eram gritantemente diferentes, mas o facto de eu saber o que para ali ia só me dava vontade de andar toda encolhida. E sim, também sei que agora se usa uma ou outra unha de outra cor, mas eu não sou dessas misturas. Faço questão de as ter arranjadas, mas todas da mesma cor e sem berlicoques. Estou para ver o dia em que ponho rímel só num olho ou vou com a roupa do avesso, que pessoa para isso sou eu.

7 comentários:

  1. Como eu te percebo, minha «gémea» querida :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tão bom saber que não estou sozinha no mundo! :D

      Eliminar
  2. Sim. Há muitas palermas...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ser distraída é um pouco diferente de ser palerma...digo eu

      Eliminar
  3. A mim também me acontece dessas coisas. Houve uma vez em que usava duas meias diferentes em cada pé, e só reparei porque me disseram :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Calças claras com cuecas com coraçõezinhos...true story! Uma sapatilha de cada nação para ir correr no parque. Etiquetas de fora...se eu fosse contar tudo!

      Eliminar
  4. Perfeitamente normal em mim! Não te culpes, só nós mulheres sabemos o que isso é

    ResponderEliminar

Aceitam-se elogios, críticas, gargalhadas, lágrimas, sorrisos e afins