23 de outubro de 2016

Essa coisa dos e-books

Book lover assumida, sou menina para ler mais de 25 livros por ano. Adoro ler, adoro livros, adoro perder-me em histórias, personagens, descrições, enredos, dramas e suspense. De há uns dois anos para cá, mais coisa menos coisa, comecei a ler livros no tablet. Leio talvez uns 4 e-books por ano. O preço é tentador, a compra é imediata, sem tirar o rabo do lugar, posso estar de pijama e desgrenhada e a fazer compras como se não houvesse amanhã e a agilidade com que andamos com o tablet para todo o lado é excelente. Mas há uma parte de mim que não consegue entusiasmar-se da mesma maneira. Há todo aquele ritual de ir a uma livraria, tocar as capas, espreitar algumas palavras, cheirar os livros (hábito que não perderei nunca) e de folhear e folhear e folhear. Acho fantástica a possibilidade de o podermos fazer informaticamente, mas para mim, nada substitui o papel. Posto isto, o último que comprei é um e-book, foi referido num post pela Dina do Amor Perfeito e é um suspense nórdico, tendo por isso todos os ingredientes para me agarrar - Sangue Vermelho em campo de neve, do sueco Mons Kallentoft. 
Mas como nunca leio um só, a ver se é desta que me dedico ao que me foi emprestado por uma querida colega de trabalho, também uma amante de livros e que me tem emprestado uns quantos de tempos em tempos! Como me emprestou antes do Verão, acabei por me dedicar a outros, porque jamais levaria um livro emprestado para a praia. Sal, areia, calor e água não são bons ingredientes para o estado em que podem ficar. Faço questão de ser o mais cuidadosa possível com o que me emprestam, ainda que tenha perdido o rasto a praticamente todos os que emprestei...(ainda me penitencio pelo Crime e Castigo, entre tantos outros!)
Desse lado, recomendações são sempre bem vindas! 
Para todos, uma semana feliz, cheia de sorrisos.

22 comentários:

  1. Infelizmente tenho lido muito pouco... Tenho a rapariga no comboio à demasiado tempo na mesinha de cabeceira para ler. Mas sugestões são sempre bem vindas, adoro policiais e coisas "sangrentas".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gostei da rapariga do comboio, mas escolhe um dia em que tenhas tempo para lhe dedicar. Eu passei um dia inteirinho agarrada!

      Eliminar
  2. Boa semana.
    A Dama das Camélias é dos meus preferidos. Já leste?
    Beijinhos*
    http://confissoespecadora.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma das minhas falhas! Grata pela sugestão :-)

      Eliminar
  3. ♥ Blackberry Wine, Cheque ao Rei, Sapatos de Rebuçado (continuação do Chocolate), tudo da Joanne Harris, o The Help (As Serviçais), se ainda não viu o filme! e a Casa do Anjo - da Colleen McCullough :)

    beijinho
    Adriana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Da Joanne Harris adorei o Chocolate. Li um outro, que saiu logo a seguir e como não me necheu as medidas, nunca mais lhe peguei! Obrigada pelas sugestões. Quanto ás serviçais, li o livro e vi o filme! :-)

      Eliminar
  4. Também adoro ler e tenho mesmo saudades de me perder num livro, sem dar conta pelas horas passarem. Noutro dia a passear encontrei uma livraria vintage e acabei por encontrar o meu autor favorito, Sommerset Maugham!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tão bom quando se encontra algo da nossa paixão literária. E espero que ainda venha por aí alguma pérola ainda não traduzida do Gabriel Garcia Marquez.

      Eliminar
  5. Eu padeço de um sentimento de posse exacerbado no que diz respeito aos livros e não consigo emprestar nenhum. Sou desprendida em relação a muitos bens materiais, mas livros não! A última vez que eu emprestei um livro, estava eu no 9 ano de escolaridade (há uma eternidade): Devolveram-me o "gato malhado e a andorinha sinhá" em muito mau estado e com manguitos (vamos dizer assim) desenhados em várias páginas. A partir desse dia acabaram-se os empréstimos literários!!! Não gosto de e-books :-(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu empresto, mas não sou a maior fã. Faço-o mais facilmente com livros que não me marcaram. Os meus favoritos dificilmente!

      Eliminar
  6. Prontinho para saltar para a mesa de cabeceira está "por uma sociedade decente" de Eduardo Paz Ferreira ... já li mais livros do que leio agora, mas ainda leio razoavelmente. Achei graça ao post e não resisti a comentar, porque no ultimo post que publiquei conto a história do mini book lover que temos em casa e das emoções que os livros lhe provocam =)
    beijinhos
    Isabel

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É de pequenino :D Tão bom quando assim é, um livro pode ter um efeito maravilhoso!

      Eliminar
  7. Eu adoro livros e ler, mas tem que ser em livro mesmo, adoro sentir as folhas, o cheiro à livro novo, o folhear enfim sou viciada mesmo em livros.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também eu. Os e-books são para raras exepções (e porque o preço compensa bastante!)

      Eliminar
  8. Fazes muito bem em gostar de ler mas nunca penses que algum dia vais publicar um livro que seja. Não és a Pipoca.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com todo o respeito pela Pipoca, não sou, nem quero ser. (e não faço ideia do porquê deste comentário, mas enfim...)

      Eliminar
    2. E tu, anónimo das 16:39, nunca penses que serás amada por alguém porque se tratas assim as pessoas só demonstras que não tens nenhum amor próprio. Só conseguimos respeitar o próximo quando nos amamos a nós mesmos.

      Eliminar
  9. Eu quero um tablet exactamente para me render aos e-books!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dá jeito. Mas não há nada como um livro para mim!

      Eliminar
  10. Por aqui lê-se livros em papel, no Kindle e, desde setembro, no telemóvel (saquei a aplicação do Kindle para o telemóvel então partilho leituras - quando estou num sítio em que não posso pegar no Kindle, pego no telemóvel).
    Não deixei de comprar livros nem de os ler em papel, mas a verdade é que o Kindle veio revelar-se um companheiro adorável, principalmente em relação aos livros que não tenho a certeza de vir a gostar ou aqueles muito grandes e pesados (estou a ler toda a saga da Guerra dos Tronos no Kindle). Na estante estão aqueles que eu quero mesmo ter - também já me aconteceu gostar tanto de um livro no Kindle que o fui comprar em papel :)

    ResponderEliminar
  11. Não podia concordar mais com tudo o que dizes aqui. Comprar e-books (e também audiobooks no Audible) é tão confortável, tão prático, por vezes mais barato... mas nunca vai ser a mesma coisa do que ler o livro físico. Ainda li muito poucos e-books e tenho a sensação que se um dia ler um e adorar mesmo, vou sentir necessidade de ter uma cópia física para além do eletrónico :)

    ResponderEliminar
  12. E-books gratuitos:

    http://www.leyaonline.com/pt/livros/romance/estrelei-o-ceu-ebook/ http://www.leyaonline.com/pt/livros/romance/tiras-me-o-cisco-do-olho-ebook/
    http://www.leyaonline.com/pt/livros/romance/luas-cheias-no-pequeno-vale-ebook/

    Boas leituras! :)

    ResponderEliminar

Aceitam-se elogios, críticas, gargalhadas, lágrimas, sorrisos e afins