4 de janeiro de 2017

Ainda vou a tempo de vos desejar um feliz ano?

Foi um final de ano complicado. Ainda consegui aproveitar o Natal, mas a tosse que se me tinha instalado em inícios de Dezembro não deu tréguas e depois de andar de casa em casa, de terra em terra, a apanhar o frio da noite, a malvada transformou-se numa infecção brônquica aguda que me levou à cama por quase 15 dias. Ser asmática não ajuda e por isso, tive que dizer olá à bomba depois de não nos falarmos há alguns anos. Foram ainda dias e dias sem olfacto, sem paladar e, por isso, sem me perder por qualquer iguaria natalícia, pelo que, vendo pelo lado positivo, devo ser das únicas alminhas que não se queixa dos quilos ganhos após as festas, até porque na verdade perdi dois.Tinha ainda planos maravilhosos para a passagem de ano, com direito a um vestido especial, hotel marcado e tudo e tudo e troquei isso tudo pela minha casa, roupa confortável e sumo de laranja a fazer as vezes de champanhe. A indisposição, a febre e a tosse dantesca foram de tal forma que num destes dias quase corri para casa dos vizinhos para pedir ajuda, tal foi a aflição e a falta de ar. Julguei que me finava ali, de forma tão pouco romântica e de pijama velho. 
Neste momento estou com os costados todos doridos, quando tusso quase faleço e o pescoço não está melhor porque, para ajudar à festa, fiz uma contractura muscular com o esforço da tosse, pelo que, apesar de ter regressado hoje ao trabalho. não estou no meu melhor. Ainda tenho voz de fanhosa, ainda há resquícios de tosse, apesar do antibiótico, da bomba, dos analgésicos e mais mil um medicamentos que me foram prescritos. 
Valeu-me estar rodeada de amor, que é o que se quer e a única coisa que realmente preciso. Fosse eu supersticiosa e teria medo deste 2017 que me conheceu de pantufas, franja despenteada e nariz ranhoso. Mas como não sou, tenho a certeza que será um ano maravilhoso. 

Feliz 2017! Que seja um ano de muitos sorrisos. 

10 comentários:

  1. Olá Bê, as melhores. Que o resto do ano seja mais calminho e cheio de momentos felizes :) beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Não há nada como o conforto do lar, quando as mazelas se instalam. Bom Ano e melhoras!

    ResponderEliminar
  3. O coração cheio é meio caminho andado para a recuperação.
    Boas melhoras :)

    ResponderEliminar
  4. Uiiiii, realmente não foi facil!!
    Bom ano 2017 e que este venha cheio de saúde!
    As melhoras :)

    Blog - Desabafos e Coisas

    ResponderEliminar
  5. Sim… tb só voltei hoje e ando a desejar bom ano a todos :)

    As melhoras rápidas, de certeza que esse final de 2016 não vai ter influência neste ano que vai ser maravilhoso! Bjs xx

    ResponderEliminar
  6. Aposto que começou mal mas vai correr maravilhosamente :)

    Beijinho e rápida recuperação*

    ResponderEliminar
  7. Que 2017 traga tudo aquilo que mereceste em 2016 e não tiveste :) um beijinho gigante

    ResponderEliminar
  8. Bom ano! E rápidas melhoras. :)

    (também estava doente, sem cheiro e sem paladar no natal. muito mau mesmo...)

    ResponderEliminar

Aceitam-se elogios, críticas, gargalhadas, lágrimas, sorrisos e afins