23 de fevereiro de 2017

Ainda sobre as obras em casa

Ora depois de uma semana dedicada à total remodelação da casa de banho (e que espectáculo ficou, era capaz de passar horas dentro da cabine de duche) seria de esperar que me desse a vontade de parar por uns tempos, certo? Não. Pois que fiquei cheia de comichões com o nosso "quarto de vestir" que gostava de transformar em closet. Há quem diga que já o é, porque se trata de uma assoalhada onde efectivamente temos a nossa roupa, sapatos, roupa da casa e acessórios mil, mas não está como eu quero, por isso chamo-lhe um muito mais terreno quarto de vestir. Por isso, agora vou pedir orçamentos para me fazerem algo à medida e para poder transformar aquela assoalhada, por vezes muito menos organizada do que gostaria porque calhou aproveitarmos para arrumação cómodas e guarda-fatos que não têm nada a ver entre si e alguns que não se revelaram nada práticos para o que pretendemos. Pensei que o homem ia dizer, como diz há anos, que está bem assim, que não vale a pena mas, surpreendentemente, disse-me para tratar disso (tenho para mim que acha que, por ser eu a tratar, vou simplesmente deixar a coisa arrastar, mas está muito enganado que eu até já tenho contactos para irem lá a casa orçamentar a coisa). Closet, aqui vou eu!  

Algo assim deste género para me ocupar uma parede inteira é coisinha para me deixar feliz da vida. 

4 comentários:

  1. Amoooo closets!! É também o meu próximo projecto =)

    ResponderEliminar
  2. Ahahah identifiquei-me imenso com isto, quando meto alguma coisa na cabeça também sofro de "comichão" enquanto não tratar do assunto!

    ResponderEliminar
  3. O da imagem é lindo! E parece ser muito muito útil.
    kiss na cheek

    ResponderEliminar

Aceitam-se elogios, críticas, gargalhadas, lágrimas, sorrisos e afins