22 de maio de 2018

Beachwear

Sim, eu sei que hoje o dia está uma caquinha treta, pelo menos aqui para os lados de Lisboa, mas a minha tentativa de deixar este blog aguentar mais uns tempos chama por mim e pelo meu lado consumista (bem mais educado, é certo, mas ainda assim, vaidoso). Estávamos talvez em fevereiro ou março quando eu recebi um daqueles e-mails da H&M com uma promoção numa compra. Ah e tal, pensam vocês desse lado, H&M uma loja corriqueira e tal - não quero saber. Se gosto, compro e a verdade é que não gostei de mais nenhum como deste e acreditem que vi todas as lojas e mais algumas. Ora embora estivesse a chover a potes e a miragem do verão me parecesse muito distante, apaixonei-me imediatamente por este fato de banho e, mesmo com algum sentimento de culpa por estar a gastar já dinheiro em algo para usar muitos meses depois, resolvi aproveitar o descontinho e mandar vir. Em boa hora o fiz, porque esgotou em menos de nada e, mesmo correndo o risco de me cruzar com outros iguais por aí, fiquei mesmo feliz por ser meu. Havia também em preto, mas esse também voou em dez segundos, mais coisa menos coisa. Já há vários anos, desde a minha segunda cirurgia em 2011, que me tornei adepta de fatos de banho. Na altura foi necessário para não apanhar sol nas cicatrizes  que me deixaram a zona da barriga em modo queijo suíço e ganhei-lhe o gosto. Acho-os elegantes, confortáveis e amigos das minhas mamocas que assim nunca ficam expostas nos mergulhos mais atrevidos ou nas ondas mais enérgicas. Só mais recentemente se tornaram uma tendência, com a vantagem de agora haver muito mais oferta e artigos muito mais giros (ainda guardo ali o de 2011, que tem um modelo bem intemporal e que ainda me serve!).

Posteriormente resolvi experimentar este da Zara e adorei também. Cai super bem, tem um tecido bem confortável e acho-o super elegante. Há ainda em preto e em vermelho (este não havia quando comprei, senão teria sido a minha opção).


Felizmente ando a adiantar-me nas tendências, por já tenho alguns fatos de banho que adoro, estes vieram só completar a colecção, até porque este ano será um ano de praia até outubro, com uma viagem maravilhosa e há muito desejada, para festejar os dez anos de casados. Tenho ainda biquinis que continuo a usar (até porque gosto de variar e bronzear a barriga), mas este ano  nenhum me encheu verdadeiramente as medidas. Já as malas da moda, de verga, ráfia e cestos que este ano pululam em todas as lojas, uso há vários anos e ainda herdei recentemente uma da minha avó (também ela uma vaidosa inveterada). Sempre as adorei para o verão, seja para a praia, seja para o dia a dia e estão ali lindas e maravilhosas, preparadas para os dias mais quentes. E desse lado, biquinis, fatos de banho, ou ambos, como eu?

1 comentário:

  1. Sabes antes do Príncipe eu nem sequer olhava para os fatos de banho mas agora que o tive vejo-me a pensar em usar um fato de banho para me sentir confortavel...

    Beijinhos,
    O meu reino da noite ~ facebook ~ bloglovin'

    ResponderEliminar

Aceitam-se elogios, críticas, gargalhadas, lágrimas, sorrisos e afins